11 agosto 2017

[Lançamentos] Editora Rocco - Agosto





Quatro soldados - Por Samir Machado de Machado
Uma das vozes mais originais e instigantes da nova literatura brasileira, Samir Machado de Machado mescla referências que vão de Shakespeare a Thomas Pynchon, passando por filmes de aventura como Indiana Jones e videogames como Uncharted. Não por acaso, sua obra cruza fronteiras de gênero, flertando com a aventura, o romance histórico e a fantasia, e se situando na fronteira, cada vez mais tênue, entre alta literatura e entretenimento. Primeiro livro do autor, agora publicado pela Rocco, Quatro soldados narra as peripécias de quatro jovens que têm seus destinos entrelaçados no Brasil de 1754, nos últimos anos da guerra contra as Missões Jesuítas: um alferes que ainda adolescente recebe seu primeiro comando, um rígido e melancólico capitão de cavalaria, um desertor que vive do contrabando de livros e um tenente de motivações ambíguas. Através da imaginação fabulosa de um narrador de memória e intenções duvidosas, os quatro passam por longas viagens, batalhas e todo tipo de aventura pelo vasto território brasileiro do século XVIII, das quais nenhum deles sairá incólume.





Treze meses dentro da tv - Por Adriano Silva
Autor da trilogia O Executivo Sincero, Adriano Silva revela, em Treze meses dentro da TV, os bastidores da sua passagem por um dos programas mais importantes da televisão brasileira, ao mesmo tempo que reflete, sem romantismo e com muita franqueza, sobre os erros e acertos vividos dentro da maior empresa de comunicação do Brasil, como chefe de redação do Fantástico. Revendo essa trajetória de apenas 13 meses, mas de muito aprendizado, Adriano compartilha com o leitor desde o entusiasmo diante da oportunidade que se apresentou como o cargo perfeito na empresa dos sonhos, passando pelos equívocos sucessivos que indicavam que algo não ia bem até a certeza definitiva de que aquele não era o seu lugar. Na contramão da maioria das histórias sobre carreira e vida corporativa, em que as frustrações e os percalços são sempre varridos para debaixo do tapete, este é um depoimento raro e uma aventura executiva cheia de descobertas, aprendizagens e espantos.





O reino da fala - Por Tom Wolfe
Expoente do New Journalism e autor de romances consagrados como A fogueira das vaidades, Tom Wolfe investe todo o seu talento de jornalista investigativo e exímio contador de histórias em O reino da fala, em que se debruça justamente sobre sua principal ferramenta de trabalho: a linguagem. Com sua prosa irreverente e humor mordaz, o autor examina os repetidos esforços da ciência na tentativa de explicar o dom humano da fala, segundo ele a verdadeira responsável pelas complexas sociedades e conquistas da humanidade. De Alfred Wallace, que primeiro formulou a teoria da seleção natural, mas depois renunciou a ela por sua incapacidade de explicar a fala humana, passando pelo pai da Teoria da Evolução, Charles Darwin, e chegando a neodarwinistas, cientistas e linguistas de diversas correntes, Wolfe defende que a linguagem fez o homem avançar bem além dos limites da seleção natural e que a fala poderia ser considerada o quarto reino, habitado apenas pelo homem.





Com 40 anos de experiência em educação e mais de 1 milhão de livros vendidos, Tania Zagury responde a uma série de questionamentos do dia a dia de pais e professores que se dedicam à dor e à delícia de educar crianças nos dias de hoje. Das dúvidas de ordem prática, como estabelecer hábitos e rotinas saudáveis física e emocionalmente para os pequenos em plena era da internet, a reflexões sobre educação, limites, o papel da família e o da escola, bullying e outros pontos sensíveis – e fundamentais – para criar crianças e adolescentes educados e felizes, a autora oferece um verdadeiro guia para ajudar pais e mães a desempenharem sua função com segurança. E os incentiva a não desistir de “combater o bom combate” quando se trata de educação. Afinal, educar dá trabalho; mas perceber que os filhos estão se tornando pessoas éticas, educadas e gentis é sem dúvida um recompensa que vale a pena.





O urso e o rouxinol - Por Katherine Arden
Guerra dos tronos encontra Mitologia nórdica, bestseller de Neil Gaiman, neste conto de fadas ambientado na Rússia medieval. Romance de estreia da norte-americana Katherine Arden, que morou dois anos em Moscou.
O urso e o rouxinol mistura aventura, fantasia e mitologia ao acompanhar a jornada da jovem Vasya, criada, junto aos irmãos, num vilarejo próximo de uma floresta, e que cresceu ouvindo de sua ama contos e lendas sobre criaturas que vivem nas matas e que precisam receber oferendas para manter o mal adormecido em seu interior. Mas a chegada de Anna, madrasta de Vasya vinda da capital, de hábitos católicos, e de um padre ortodoxo que resolve instituir as práticas cristãs no vilarejo, provoca uma mudança na rotina da menina e abre as portas para uma terrível catástrofe. Sensível e determinada, Vasya é a única que consegue enxergar e conversar com esses seres fantásticos e torna-se a última esperança para salvar o povoado onde nasceu da destruição.





Do outo lado - Por Carrie Hope Fletcher
Logo no início da trama o leitor encontra Evie com 27 anos, na porta de seu apartamento. Ela acaba de morrer, aos 82, e descobre que o seu paraíso pessoal está atrás daquela porta, o apartamento em que viveu o ano mais feliz de sua vida. O período em que ela trabalhava como ilustradora em um jornal, tinha um futuro que parecia promissor e conheceu o seu grande amor, o músico Vincent.
Ela está em pé, em frente à porta de seu apartamento, mas as chaves que estão em seu bolso não conseguem abrir a fechadura. Sua alma está pesada, resultado de segredos que ficaram trancafiados no seu coração ao longo da vida.  Com a ajuda de um velho amigo, Evie vai ultrapassar as fronteiras entre os dois mundos e, entre xícaras de chá, paredes voluntariosas, risos e recordações dolorosas, alcança a leveza necessária para abrir sua porta final. Mas o fim da vida é também o começo de uma nova história, do outro lado.






A estrela da meia-noite - Por Marie Lu
Adelina Amouteru cansou de sofrer. Desistiu de quem a traiu e sua vingança é a vitória a qualquer preço. A Loba Branca reina triunfante, e as conquistas alimentam sua crueldade. A menina ingênua e insegura se tornou uma rainha forte e rancorosa. E os poderes da regente estão cobrando o seu preço.
Após quase um ano como rainha, Adelina já expandiu seus territórios e firmou sua imagem como uma soberana impiedosa. Mas a jovem esconde um segredo, seu poder, suas ilusões ameaçam tomar sua mente, e a Loba Branca tem cada vez mais dificuldade para distinguir a realidade de suas ilusões. Adelina teme perder o controle e o único apoio que tem é de Magiano.

Enquanto isso corre o boato de que os Jovens de Elite estão em perigo. Todos eles, inclusive Adelina. Os poderes da febre do sangue começam a consumir seus portadores. E Violetta é uma das mais afetadas.





As perfeccionistas - Por Sara Shepard
No subúrbio abastado de Beacon Heights, em Washington, a pressão é grande: os alunos da Beacon Heights High estão entre os melhores dos Estados Unidos e sabem que não há espaço para perdedores. O rei da escola é Nolan Hotchkiss, amado e odiado na mesma proporção, ainda que ninguém tenha coragem de falar mal dele abertamente. Acostumado a ter tudo o que quer e bastante confortável em seu papel de garoto rico e popular, ele não pensa duas vezes antes de humilhar ou chantagear alguém, só por diversão.
Aparentemente perfeitas, as adolescentes Caitlin Martell-Lewis, Ava Jalali e Mackenzie Wright foram vítimas diretas da crueldade de Nolan: enquanto o irmão de Caitlin cometeu suicídio por não aguentar mais ser humilhado, Ava sofria as consequências de boatos espalhados sobre ela e Mackenzie morria de medo de ver suas fotos comprometedoras passando de mão em mão por toda a escola. Já a popular Julie Redding não suportava Nolan porque sabia que a melhor amiga, Parker Duvall, havia sido ferida gravemente pelo próprio pai depois de o rapaz ter colocado drogas na bebida dela.
Após assistirem a um filme na aula de cinema, cujo tema era vingança, Caitlin, Ava, Mac, Julie e Parker decidem ridicularizar Nolan diante de toda a escola: colocariam drogas na bebida dele, escreveriam xingamentos em sua testa, tirariam fotos e postariam anonimamente na internet. O momento perfeito para executar o plano seria a primeira festa do ano, na mansão dos Hotchkiss. Tudo parecia ter dado certo até a notícia cair como uma bomba sobre Beacon Heights: horas depois do fim da festa, o jovem dono da casa foi encontrado morto no andar de cima, com a testa toda rabiscada.
O laudo da perícia deixa as cinco adolescentes ainda mais apreensivas: Nolan foi envenenado. Aos poucos, a polícia deixa claro que elas são as principais suspeitas do crime. Morrendo de medo de acabarem presas, as garotas dão início a uma cruzada para provar que não são assassinas. Mas o verdadeiro criminoso parece estar à espreita e disposto a fazer com que a culpa caia sobre elas. Será que Caitlin, Ava, Mac, Julie e Parker são tão inocentes quanto parecem? 





Os segredos dos globlins - Por William Alexander
O protagonista Rownie, um órfão de dez anos, é uma das crianças que prestam pequenos serviços para a temida feiticeira Graba em troca de um teto sobre a cabeça. Sofrendo com o sumiço do irmão mais velho, o menino sonha com uma vida melhor, longe dos maus-tratos e da miséria no Lado Sul da cidade de Zombay.
Certo dia, ele desobedece a uma ordem de Graba e vai assistir à apresentação de uma trupe de atores goblins. É quando experimenta a magia ao usar uma máscara de gigante, o que acabará lhe cobrando um preço muito alto.
Obrigado a fugir, Rownie mergulha atrás de pistas sobre o paradeiro do irmão ao mesmo tempo em que tenta escapar dos ameaçadores soldados do Prefeito e das terríveis maldições da feiticeira, que parece ter mil olhos a vigiá-lo. Enquanto isso, o rio que divide a cidade cresce em fúria, prestes a inundá-la. O tempo do menino está se esgotando: seu irmão é o único que pode impedir a tragédia iminente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário