01 junho 2017

[Resenha] O bom do amor - Por Chris Melo | Laís Soares



Título: O bom do amor
Autor (a): Chris Melo
Ilustração: Laís Soares
Páginas: 88
Editora: Rocco
Skoob || Encontre

Sinopse: "O bom do amor é aumentar o volume do rádio quando a música preferida do outro toca.” “O bom do amor é gostar de dormir agarradinho no inverno e saber dividir o ventilador no verão.” “O bom do amor é apreciar cada qualidade, mesmo rodeada de defeitos.” O bom do amor reúne tirinhas de Chris Melo, autora de romances de sucesso entre o público feminino, e aquarelas de Laís Soares que retratam, de forma delicada, sincera e bem-humorada, os pequenos gestos que dão real significado a palavras como companheirismo e cumplicidade na vida de um casal. A cada página, o leitor encontra uma tirinha mostrando uma situação do dia a dia que comprova que o amor – e a felicidade – está nos pequenos prazeres do cotidiano.

O bom do amor é uma webcomic desenvolvida pela autora Chris Melo e pela ilustradora Laís Soares juntamente com a Editora Rocco. O projeto saiu da web e tornou-se num livro cheio de sutileza e profundidade que revelam que o amor não são gestos grandes, mas sim coisas pequenas e corriqueiras que esquecemos de observar.



"O bom do amor é saber que um simples olhar é capaz de fazer tudo queimar."
Página 20


O livro trás em cada página ilustrações fofas e maravilhosas que condizem com o texto de Chris Melo. Elas focaram em mostrar que a beleza do amor estão naqueles momentos tão simples e corriqueiros que as vezes passam despercebido por nós, como ler um livro e seu companheiro ficar ao seu lado só para sentir sua presença, ou, saber a hora de deixar a pessoa quietinha no seu canto para esfriar a cabeça.



"O bom doa amor é apreciar cada qualidade, mesmo rodeada de defeitos"
Página 21


Atitudes como respeito, amor, amizade, cumplicidade, afeto e carinho preenchem com sutileza as páginas do livro, e as ilustrações aquareladas completam com beleza e simplicidade as palavras quase poéticas da autora.



"O bom do amor é saber que tem alguém que fecha contigo em qualquer parada. Até nas enrascadas."
Página 28


O bom do amor mostra que amar é respeitar as diferenças e apoiá-las. O bom do amor mostra que não precisamos de muito para sermos felizes, e que ás vezes, só saber que possuí em sua vida uma pessoa que desempenha o papel de amigo e amante na mesma proporção é suficiente. O bom do amor mostra que as pessoas não são perfeitas, ás vezes erram e nos fazem chorar, mas no final dia o saldo de sorrisos são infinitamente superiores.



"O bom doa amor é saber que a poesia só é grande porque conversa com o coração da gente."
Página 35


Nós mulheres, em grande maioria, esperamos gestos grandiosos de nossos parceiros, mas esquecemos que também precisamos fazer gestos para com eles. Como olhar um doce no mercado e comprar só por saber que ele gosta, ou dar aquela lembra básica que ele precisa tomar o remédio ou ir a algum lugar. É muito mais gratificante a sensação de cuidar sabendo que também está sendo cuidado.



"O bom do amor é saber que relacionamentos não são cabo de guerra"
Página 46


O bom do amor é um livro fácil de ler e dá aquela sensação quentinha e gostosa no coração durante, e, depois da leitura. Tornou-se queridinho assim que terminei a leitura, que aliás, foi muito rápida, mas desde então, pego ele esporadicamente só para ler e sorrir com a leitura.



"O bom do amor é cuidar e ser cuidado."
Página 49


O livro possuí cerca de 88 páginas e é lindíssimo as olhos. A editora Rocco nos presenteia com um edição de arrancar suspiros e encher o coração tamanha fofura, beleza e qualidade do exemplar. As cores das ilustrações são suaves e conversam entre si. A capa do livro, além de muito bela, trás toda a essência da estória convidando a todos a conhecer seu interior.



"O bom do amor é encontrar aquela pessoa que topou construir contido dias felizes e que sabe que o melhor do amor é a viagem, não o destino."
Página 84


Nem tem como não recomendar a leitura. Sou romântica de plantão então me agradou muitíssimo, mas confesso que o livro agradará a todos pois ele é tão sutil e real na mesma proporção, e até mesmo serve para abrir nossos olhos quando esperamos de mais de nossos companheiros, mas na maioria das vezes não estamos fazendo nada por eles. Serve só para nos lembrar que não precisamos de muito para ser feliz, mas sim só daquela pessoa que sabe que somos especiais simplesmente por sermos nós mesmo.




12 comentários:

  1. Olá
    Eu imagino que esse livro é um amorzinho. Estou esperando meu exemplar chegar e estou cheia de expectativas. Sua resenha e fotos (maravilhosas) me deixaram ainda mais motivada para conferir também. Mais uma romântica de plantão por aqui ♥
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Que capa maravilhosa me apaixonei por ela.e a resenha ficou lindíssima
    Amei as fotos me deu vontade de roubar teus funkos rsrsrs
    Sou uma romântica nata e amo quando termino uma leitura fofa que deixa esta sensação gostosa no fim.vou ler imediatamente este livro

    ResponderExcluir
  3. Oi Ste
    Que livro fofinho! Não conhecia, mas já estou morrendo de amores por ele.
    A capa já chama bastante atenção e ao ver como ele é por dentro, toda essa diagramação maravilhosa, fiquei ainda mais apaixonada.
    Adorei a dica e espero ter oportunidade de ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Capa linda, resenha linda, editoração linda e sinopse linda! haha
    Fico muito feliz de ver um trabalho tão lindo assim ser brasileiro!!

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Estou com esse livro para ler e pretendo realizar a leitura em breve. Adorei saber que os textos e as ilustrações focam em mostrar a beleza do amor nas coisas simples e parece mesmo ser um daqueles livros que aquece o coração. Amei a resenha e estou curiosa para ler!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  6. Eu preciso desse livro para ontem s2
    Ele parece ser tão delicadinho, daqueles que realmente esquentam o coração. E as ilustração estão tão maravilhosas que não tem como não entrar na minha lista de comprinhas.
    Não sou tão romântica quanto você, mas o tipo de amor que parece estar representado no livro é o que mais acredito.
    Obrigada pela indicação. Adorei a postagem :)

    Abraços

    http://ultimasfolhasdooutono.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. oi
    Não conhecia essa obra, mas achei ela é um amor! C
    om certeza vou comprar para realizar a leitura, até porque sou apaixonada por livros assim, nos trazem uma paz de espirito quando os lemos! Dica mais que anotada!

    ResponderExcluir
  8. Que livro fofo! <3 (e os funkos mais fofos ainda! haha)
    Já me interessei pelo livro <3 também acho que o amor é cheio destes detalhezinhos que podem passar despercebidos pelos outros, mas faz uma grande diferença no dia a dia.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  9. Olá Stef,
    Ainda não conhecia esse título, mas que premissa e edição mais fascinante! Suas fotos estão encantadoras, como sempre.
    Acho que é um livro que inspira nosso coração e o aquece com cada página virada.
    Essa leitura parece ser quase que obrigatória.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  10. Acho que a palavra fofo é um bom resumo para este livro. Adorei as ilustrações e achei tudo tão amorzinho que já quero o livro na minha estante. Também acho que seria uma excelente opção de presente.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    Realmente. As ilustrações estão lindíssimas. E é muito simbólico falar de amor nas coisas simples. Principalmente no amor líquido que estamos vivendo hoje. É um livro tão sutil como você falou na resenha, que me perderia em uma tarde!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Que livro mais lindo! Um amor. Gostei de tudo: das ilustrações, do modo como a autora fala do amor... Enfim, um ótimo presente para o dia dos namorados.
    Me lembrou um pouco do "Eu me chamo Antônio". Um daqueles livros que conseguimos devorar em poucas horas. Anotada a dica.

    ResponderExcluir