26 setembro 2016

[Resenha] FMF 1- A Estreia de Fani - Por Paula Pimenta



Título: Fazendo meu filme 1
[A Estréia de Fani]
Autor (a): Paula Pimenta
Páginas: 336
Editora: Gutenberg
Skoob || Encontre

Sinopse: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.
“Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.

Estefânia, ou como prefere ser chamada: Fani, é uma adolescente como qualquer  outra, mora em Belo Horizonte, está cursando o ensino médio, é apaixonada por filmes e os classifica por estrelinhas (assim como nós do blog classificamos os livros). É apaixonada pelo seu professor de Biologia, Marquinhos e tem a Gabi, o Léo e a Natália como melhores amigos para compartilhar suas incertezas.

“Pode desligar, você pode fugir de mim, mas acho que já passou da hora de você parar de fugir dos seus sentimentos... admita de uma vez por todas que está com ciúmes do Leo!”

Sua vida vira de cabeça para baixo quando sua mãe lhe inscreve em uma prova de intercâmbio.  E então que tudo acontece: ela se decepciona com Marquinhos e começa que perceber que seu melhor amigo  Léo manda mensagens subliminares, indicando que a ama.

Tudo começa a sair fora de seu controle, ela fez a prova do intercâmbio e passa em 1° lugar, o que significa que no ano que vem estará na Inglaterra, com outra família. Léo está namorando com a Vanessa, considerada inimiga da protagonista, e uma pontada de ciúmes ronda a Fani, estaria ela apaixonada por ser melhor amigo?

“Sempre achei que os melhores filmes são aqueles que terminam e deixar no ar os futuros acontecimentos, para que possamos inventar por nós mesmos a continuação. Minha vida é assim. Não sei como serão meus próximos capítulos, mas posso imaginá-los e tentar vivê-los o mais fielmente possível ao roteiro que eu mesma vou criar.”




Não sei como estou fazendo resenha desse livro, sinceramente, tenho uma simpatia incomum por essa obra. Foi essa série que me introduziu no mundo dos leitores e é por causa dela que consigo fazer resenhas, que consigo criticar o que vejo e leio. Não consigo simplesmente descreve-la, por isso o resumo pode ter ficado meio confuso,  mas vocês já irão entender todo esse meu amor pela Paula Pimenta.


É tão estranho como uma pessoa fica diferente aos nossos olhos quando o sentimento da gente muda. Eu já vi o Leo milhões de vezes, mas de repente ele ficou muito mais bonito! É certo que eu sempre o achei uma gracinha, o sorriso dele é um dos mais charmosos que eu já vi, mas de uma hora pra outra parece que ele ficou iluminado.

Pelo resumo vocês percebem que o enredo do livro é bem simples, totalmente clichê e previsível, uma história cotidiana. Por isso é difícil falar sobre o que o livro traz, sem descrever completamente a personagem. Fani é sonhadora, assim como quase todas as garotas de sua idade (16 anos). Vivi um amor platônico, é cheia de esperanças  e medos, não acredita em si mesma e não sabe que decisão tomar quando o mundo precisa de suas respostas. Drama é o que lhe resumiria bem, ela chora por tudo, não sabe como tirar algo de dentro de si mesma e chora, o que em alguns momentos pode parecer que ela não passa de uma personagem "mimizenta," mas não, ela é simplesmente uma adolescente em busca de sua voz.


Por causa de sua paixão por filmes ela se imagina em um filme, tanto que não falta no livro comparações de sua vida com roteiros, onde tenta sempre seguir os passos dos personagens cinematográficos que tanto ama. Sua coleção de filmes é grande e ela sente ciúmes de seus preciosos, não empresta e não vende, mas aceita uma visitinha caso alguém queira assistir em sua casa.

NÃO DOU, NÃO EMPRESTO, NÃO VENDO!

Paula Pimenta consegue dar tapas na cara de quem não acredita na literatura nacional, com uma narrativa fluída, envolvente e que nos faz sofrer pela personagem, assim como me fez querer protege-la das cobranças para pessoas de sua idade, me fez querer abraça-la e conhecê-la. Seria muito legal ter a Fani como amiga no Facebook, no Twitter, até imagino as inúmeras indicações de filmes que teria, infelizmente ela é uma personagem fictícia, mas existem muitas "Fani's" por ai: adolescentes descobrindo o amor, que não perdem estreias no cinema e principalmente, não sabem expressar bem seus sentimentos escondendo-se pela timidez. A autora me conquistou, me arrebatou, me fez ler o livro em um dia, e logo estar relendo para voltar a vivenciar os dramas da protagonista.


Angústia
E se eu olho e não me olha,
Não sei vem se isso convém...
Descobrir se é bola, ou fora.
Se é pra ir ou não, além.
Essa falta de certeza,
Que a paixão, no inicio, tem.
Ora seduz, ora angustia,
Confunde medo com desdém.
A vontade atiça e machuca.
Sem ter-te. Perto. Ter sem.
E eu me declaro, só no pensamento...
Vê se fica esperto, meu bem.
Fani Castelino Belluz

Parabéns Gutenberg, conseguiu criar uma diagramação que já daria uma estrelinha a mais na avaliação do livro, com as listas de filmes da Fani e  os trechos de filmes colocados antes dos capítulos,  nos dão pequenos spoilers do que ira acontecer. E principalmente por essa revisão maravilhosa que só vocês sabem fazer. Essa capa consegue ter vários itens que fazem parte da estória, no final do livro fiquei um bom tempo apenas a admirando.


Também, o Léo mostra que não só as meninas sofrem por essa falta de não saber como expressar seus sentimentos, ele ira conquistar as leitoras, ira fazer a Fani sofrer bastante e ficar bem dividida, mas no final eles são apenas jovens levados. Coitado do Léo... Imagina você ser apaixonado por alguém, mandar várias indiretinhas, mas no final das contas perceber que essa pessoa gosta de outro que nem se importa com ela?


A Gaby e a Natalia são boas amigas que também me envolveram, cada uma com seus problemas e dúvidas, a autora conseguiu criá-las muito bem, dando toda importância mesmo sendo personagens secundárias. A família da Fani também foi bem construída, mas não aturei sua mãe. Tá, eu sei que ela só queria que a filha tivesse um futuro, mas em nenhum momento se importa se é isso realmente que ela quer, isso ira ficar claro nos próximos volumes, como também irei pagar com a linguá.

“Na minha cabeça só vinha um pensamento . A porta tinha sido fechada , trancando todos os meus sonhos . E quando eu abrisse de novo , não teria mais nada do lado de fora . Só o vazio .”

A maneira como a autora desenvolveu o livro me agradou, sem muitas reviravoltas mas com acontecimentos descritos na medida certa que lhe fara ficar louco(a) para o que a história lhe reserva nos próximos capítulos.


Muito obrigada Paula Pimenta, não consigo descrever o que senti lendo os volumes dessa série. Você conseguiu mostrar a pressão que a sociedade coloca nos jovens e também me fez querer ser leitora compulsiva. Se eu estou fazendo essa resenha hoje, é por causa de seu livro. Se minhas amigas começaram a ler agora, é por causa do seu jeito único de tratar a literatura brasileira.

24 comentários:

  1. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões e matar um pouquinho a saudade desse livro lindo. Sou suspeita para falar, mas é impossível não favoritar essa obra né.. ou melhor toda a série, no caso. Todos os personagens são apaixonantes. O jeito como a autora escreve é feito mesmo na medida certa. Adorei sua resenha!
    Boas leituras!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oii Maria!
    Já digo que somos duas suspeitas pra falar desse livro então, sou muuuito apaixonada pela história. Aliás, fiquei até com saudades da Fani e cia lendo sua resenha..! :D
    Ainda não tive a oportunidade de ler os outros livros da série, mas com certeza não é por falta de vontade... E os detalhes dessa edição também me chamaram muita atenção, é tudo muito bem feito, né?
    Beijos, Isa!
    belacultblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Eu sempre ouço muitas pessoas falando super bem dos livros da Paula Pimenta, mas acredita que eu nunca li nada dela?
    Conheço muita gente que começou a ler por causa dela, mas infelizmente não foi o meu caso. E também não tenho tanta curiosidade na história - mesmo acreditando que se lesse, ia adorar, rsrs.
    Quem sabe lá na frente não dou uma chance para ele? Tenho certeza que é uma leitura rápida...
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da autora Paula Pimenta, até comprei um livro dela pra arriscar a leitura, mas ainda não encontrei a chance de inicia-lo. Gostei a premissa desta obra apresentada em sua resenha. Parece divertida.
    Quem sabe eu arrisque também nessa série.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  5. Adorei as fotos com as pipoquinhas!!
    Dá pra ver pela sua resenha que você realmente sente um grande carinho pela obra e pela a autora, isso é muito legal.
    Eu não tenho interesse em ler , acho o livro juvenil demais e não me identifico mais com histórias do tipo, mas tenho certeza que leria se eu fosse uns 10 anos mais nova.
    E eu sou com meus livros como a Fani é comos filmes dela. Hahahha

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Morro de vontade de conhecer a escrita da Paula Pimenta, em função de elogios como os que você fez nesta resenha. Sem falar que este livro e esta série aqui, é bem original.
    Quero muito ler!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, fiquei super envolvida com o enredo dessa história que quero "conhecer" a Fani. As suas impressões me convenceram de que vale a pena ler e acompanhar a série. A mãe da protagonista deve ser como todas as mães, imagino. A capa é atraente, muito bem elaborada!
    Bjs,
    http://contosdacabana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Já li milhares de coisas boas sobre esse livro e também sobre a autora. Não costumo ler muito esse tipo de livro e tento fugir um pouco de clichês adolescentes, mas não resisti e tive que colocar esse livro na minha lista do final de ano. Sua resenha me deixou morrendo de vontade de conhecer a Fani e aparentemente os personagens secundários também são interessantes. Espero gostar tanto quanto você quando ler! Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Fico muito feliz que a obra consegue dar tapas na cara de quem não acredita ou menospreza a literatura nacional.
    Ainda não tive contato com a escrita da autora, mas ouço falar muito bem. Fiquei curiosa para saber como será esse intercâmbio e se realmente a personagem está apaixonada pelo melhor amigo. Será que ele vai dar um pé na bunda da namorada para ficar com Fani?!
    A diagramação parece estar impecável e os detalhes acredito que tenham tudo a ver com a trama.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Maria Fernanda,
    Quanto amor por um livro! Consigo entender seus sentimentos em relação a obra, pois é bem perto do que senti por Minha Vida Fora de Série - 1ª Temporada, uma pena que a história tenha se perdido bastante pra mim.
    A Fani - pelo que li na outra série - é uma protagonista bem interessante e envolvente. Daquele tipo que nos marcará para sempre, sabe? A falta de expressar os sentimentos é péssimo e vi como Léo sofreu com isso.
    Fiquei com muita vontade de ler o livro, acho que vou gostar mais que MVFS.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Meus sentimentos por esse livro é tão grande que eu nem sei como resumir em palavras. Vou com esse livro também que conseguiu me introduzir nesse mesmo mundo e sou grata a Paula até hoje por essa obra maravilhosa. Realmente é um livro simples e clichê, mas história é tão fofinha e os personagens nem tem como não se identificar com algum deles. Amei sua resenha e eu que já estava com vontade de reler o livro, fiquei com mais vontade ainda!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  12. Que amor essa sua resenha! Apesar de não ter vontade de ler essa série, sempre acho incrível os muitos elogios que ela recebe por sua escrita e a forma como envolve os leitores! Realmente é uma grande representante da literatura nacional. Amei a resenha

    ResponderExcluir
  13. Oi Maria, tudo bem?
    Que linda a sua resenha. Uma linda homenagem. Tomara que a autora veja :)
    Eu só li dois livros da autora e um conto. Gostei muito de A princesa Adormecida, os outros eu não gostei tanto. Mas pretendo ler outros dela ainda, pois ela realmente escreve bem. E confesso que sua resenha me atraiu para esse livro ahahha E eu amei as fotos. Não li o livro ainda, mas pelo que você escreveu, elas combinaram muito bem. parabéns!!!
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Da autora só acompanho aquela série das princesas, mas isso está prestes a mudar... Rs... Que lindo que foi essa série que te introduziu no mundo dos leitores, acho a escrita da Paula realmente maravilhosa e fiquei curiosa para conhecer a Fani. Acredito que ia me identificar muito com ela, afinal, acho que é difícil alguém não ter passado por isso de ser um adolescente em busca de sua voz. Fora que adorei isso de comparações da vida da protagonista com roteiros.

    ResponderExcluir
  15. Oi Maria,
    Até hoje não li nada da autora ainda, mas gostei de ler a sua experiencia com a escrita da autora, mesmo assim não me sinto impelida a fazer essa leitura, pois acredito que não pertenço ao grupo de leitores para quem a obra foi escrita, sou um pouquinho mais velha e sendo assim busco obras com um teor diferente. Mesmo assim sua resenha está maravilhosa e foi um prazer conferir o seu ponto de vista.
    beijos
    Conversas de Alcova ♥

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho muita vontade de ler essa série. As capas são maravilhosas e a premissa mais ainda. É um romance clichê adolescente, e eu amo clichês. Me dá uma agonia quando tem alguém próximo assim do personagem apaixonado e ela não percebe. Como a Fani não se dá conta do que o Léo sente? Grrr
    Preciso ler esse livro, suas recomendações foram ótimas. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá Maria Fernanda,
    tenho uma curiosidade imensa de ler algo da Paula Pimenta, e ler a sua resenha me deixou maluca kkkkkk você realmente admira o trabalho dela, vou acabar comprando pelo kindle hahaha

    Sempre que via essa capa, pensava que a protagonista era atriz ou algo assim, sua resenha mudou tudo, apesar de clichê eu amo essa passagens de amizade para algo mais rsrsrs adorei sobre as comparações com roteiros, o poema dela e a lista de DVDs (gosto de alguns daqueles filmes :D)

    Beijos!
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  18. Olá Maria!
    Eu sempre ouvi falar muito bem dessa série, mas ainda não tive oportunidade de ler. Sua resenha me deixou mega curiosa para conhecer a Fani e amor livros adolescente, com ele vemos quanto drama a gente fazia quando era adolescente e até rio das situações desastrosas que passamos.
    Amei a sua resenha, espero poder ler o livro em breve.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Que coisa linda a sua resenha, Maria Fernanda! Ótima para os leitores, um presente para a autora e uma "estrelinha" para a Literatura nacional! O livro é um sucesso e também eu fico fico feliz por uma história vista como previsível alcançar e conquistar tantos leitores. Esta identificação é o que a paula faz de melhor. E sem dúvidas é uma porta de entrada para muitas outras leituras e isso fica claro com a sua resenha! Parabéns!

    BJs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Já ouvi falar muito sobre a escritora e sobre o livro. Mas nunca li.
    Não que eu não tenha me interessado, mas sempre acabava deixando para depois.
    Acho que vou ter que mudar isso.
    Gostei bastante da premissa e da sua resenha. Deu pra sentir o quanto esse livro é especial para você.
    Sou apaixonada por clichês e romances água com açúcar. Nada como um livro assim para nos fazer suspirar.
    Estou bastante curiosa em relação à esse livro.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom? Cara, que amorzinho o livro, acredita que nunca tive a curiosidade nem de ler sobre os livros dela? Estou me sentindo meio mal agora, porque realmente acredito que vou gostar bastante. Me parece realmente algo clichê, mas daqueles clichês gostosos que faz a gente se apaixonar ainda mais pela leitura. Depois da sua resenha tenho certeza que vou procurar as obras da autora, e volto aqui para agradecer. Beijos!


    EuVocê&oslivros

    ResponderExcluir
  22. Oii!
    Que lindo ver uma resenha sobre o livro que introduziu você à leitura! Sempre acho emocionante e muito difícil de escrever resenhas assim, tem muito sentimento envolvido. Mas a sua ficou linda, deu pra sentir seu amor pela Paula Pimenta em cada frase!
    A irmã da minha amiga é louca pra que eu leia essa série e estou considerando começar logo logo, todo mundo sempre fala muito bem. Li pouca coisa da Paula Pimenta até agora, mas, como você disse, ela parece ser um ótimo exemplo de literatura nacional! :)
    Beijoss!

    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  23. Olá, que resenha mais amor, deu para perceeb o quanto voCê ama essa série, eu somente li um livro da série, e acho que é o segundo, o que ela está fazendo o intercâmbio na ingleterra e achei muito legal mas esqueci de continuar a série e ler o primeiro, mas você conseguiu me lembrar do quão legal é a história e querer continuar com a série

    ResponderExcluir
  24. Oie...
    Ainda não li essa série aclamada da Paula Pimenta, mas, super concordo com você a respeito de sua escrita fluída, é capaz de conquistar até esses leitores descrentes na literatura nacional. Adoro a série das princesas, e em breve quero iniciar nessa.
    Parabéns pela resenha! Adorei saber que o livro é assim tão especial pra você.
    Beijos

    ResponderExcluir