30 agosto 2016

[Resenha] Belgravia - Por Julian Fellow



Título: Belgravia
Autor (a): Julian Fellowes
Páginas: 368
Editora: Intrínseca
Skoob || Encontre

Sinopse: Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.


Na noite anterior a famosa batalha de Waterloo, a duquesa de Richmond deu um baile em Bruxelas que mais tarde torna-se lendário. Muitos jovens que passaram a noite dançando e flertando com belas donzelas, na manhã seguinte perderam suas vidas, como Edmund Bellasis,  futuro duque Richmond, que passara a noite com sua pretendente Sophia Trenchard.

"– Que triste. Ouvi dizer que alguns deles morreram ainda usando os uniformes de gala do baile."

"Esta é uma história sobre pessoas que viveram há dois séculos e, ainda assim, muito do que elas desejaram, muito do que se ressentiam e as paixões arrebatadoras sem seus corações eram bastante parecidas com os dramas que vivemos agora, em nosso tempo..." 

Os ânimos estavam a flor da pele, as regras que se aplicavam a sociedade foram esquecidas nessa noite, e as consequências foram encobertas. Agora 25 anos após o baile as família Bellasis e Trenchard enfrentam o que pode ser a ruína. Segredos do passado devem ficar no passado e para uma família emergente de comerciantes como os Trenchard, não será medido esforços para se manterem na sociedade.




Não é segredo pra ninguém que sou a doida dos romances de época. Sempre me encanto com o cenário, roupas e os amores. Apesar de amar isso nos romances de época, fiquei completamente fisgada pelas intrigas de Belgravia. Foi uma experiência completamente diferente daquilo que estava acostumada e estou doida para poder repetir.


O livro é dividido em 11 capítulos como se fosse um folhetim de época, narrado em terceira pessoa mostrando os pontos de vista de várias personagens. Não sou fã desse tipo de narrativa mas achei bem importante pois a forma como a estória é apresentada, fica bem interessante saber a reação de todos os envolvidos. No primeiro capítulo conhecemos os personagens e a noite do baile que depois se tornaria famoso. James Trenchard é um comerciante que anseia estar na alta sociedade, e vê no interesse mútuo de sua filha Sophia e o futuro Duque, Edmund Bellasis, uma forma de alavancar seus status. Ali vemos o romance entre os dois e o desejo de ser alguém mais. Já no segundo capítulo em diante temos uma passagem de tempo mostrando a ascensão da família perante a sociedade e toda rede de intrigas por trás do grande segredo que pode abalar a todos.


A estória é muito bem construída, cheia de elementos envolventes que faz com que o leitor fique doido pra saber como se desenrolaram. Mas tudo isso não se deve ao tal segredo já que pra nós, do século XXI, é complementa natural. Entendo sim que na época era algo pra manchar o nome de uma família, e isso me fez refletir o quanto as coisas mudaram. Mesmo achando o segredo fraquinho, o grande trunfo da estória se deve as atitudes que os personagens tomam diante dele. É criado uma rede de mentiras, onde tentam manter as aparências mas acabam por descobrir outros segredos que eram guardados entre si. Fiquei imaginando o quanto amaria que virasse uma série, e sabendo que o autor é de fato criador da Downton Abbey, percebi que essa relação se aplica a estória já que cada fim de capítulo temos a sensação de ser um fim de episodio de série.

"O fato é que ela tinha contado um segredo de magnitude inimaginável, um segredo que poderia lhes causar danos ilimitados, para uma completa desconhecida, uma mulher sobre quem sabia muito pouco ou nada. Ao fazer isso, tinha dado a lady Brockenhurst a munição para derrubar toda a própria família."

Os personagens são críveis pois possuem características únicas e humanas, como medo, inveja, desejos, sonhos e anseios. Esses fatores faz com que nos simpatizemos com eles, ou no caso de alguns, desprezar. Logo de cara as personagens que mais gostei foram Anne e Caroline, mulheres maduras e mais velhas que demonstram serem fortes e dispostas a protegerem quem amam. James Trenchard passou a impressão de ser um senhor imaturo e ambicioso, tudo pra ele é razão para se manter no topo mesmo que isso desagrade aos outros.


Como em todo romance de época que amo, aqui temos um romance sim! Ele fica em segundo plano, mas está ali entre Maria e Charles. Tudo parece ser mais empolgante pelo fato de ela ser uma nobre e ele um simples comerciante.

"– Lady Maria, eu enfrentaria dragões, andaria sobre carvão em brasa, entraria no Vale da Morte, se achasse que teria alguma chance de conquistar seu coração."

O que mais gostei em tudo da estória é a forma visceral como é apresentada a sociedade mesclada com fatos reais, como a batalha de Waterloo, e ascensão dos comerciantes na sociedade que antes era dominada pela nobreza. As famílias basicamente vivem uma vida de fachada onde são infelizes e hipócritas dentro de casa e demonstram perfeição quando em público. Muitas coisas que o autor trouxe em evidencia eu não estava acostumada encontrar nesse tipo de estória, e foi bem interessante pois começarei a ver de uma forma totalmente diferente quando ler outros livros do gênero.


A leitura fluí facilmente, mas confesso que teve algumas partes que se arrastaram, principalmente naquelas que trás explicações para aquele determinado momento que o personagem está, creio que algumas coisas poderiam ter ficado de fora nesse quesito, mas nada que atrapalhasse a leitura. Recebi o livro da editora onde promoveu uma ação entre os blogueiros. Amei a edição e não encontrei erros. A capa trás uma ilustração da Belgrave Square, bairro onde se passa a estória. Internamente a diagramação é simples, porém eficaz. Junto com o exemplar veio tambémuma xícara lindinha escrito Belgravia.


No geral adorei o livro, tirando o fato do segredo não ser aquela coisa impactante, somos totalmente fisgados pelas intrigas, mentiras e ações dos personagens. Como disse, foi um experiência nova dentro do gênero que adorei, com toda certeza desejo ler mais livros do autor, e recomendo a todos que amem um bom livro de época com o foco familiar.

24 comentários:

  1. Olá
    adorei a resenha e achei as fotos do seu post maravilhosas. Estou mega ansiosa para ler esse livro, especialmente por ser um histórico e eu tenho um fraco por esse gênero. Os mistérios que envolvem o enredo me intrigam bastante. Ah, quero ver a série ao qual o autor é criador.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bom??
    Eu estou bem curiosa para ler o livro, deste ontem essa já é a terceira resenha que eu leio sobre ele. E essa coisa de ser de época, me deixa muito curiosa. Essa diagramação também parece ser linda, eu to muito ansiosa para poder ler ele e essas criticas positivas só me deixam mais animada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Esse livro superou as expectativas que eu tinha dele. A trama é intrigante o suficiente pra criar o interesse de prosseguir na leitura e tem tudo o que um fã de romances de época gosta.
    Adorei as fotos do post.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oii,
    Amei o modo como você dividiu sua resenha, as fotos e os quotes que escolheu são maravilhosos também. Eu amo esse gênero e toda essa coisa de bailes. Mesmo com o fato do segredo não ter te agradado tanto assim. Ele entrou na minha lista de desejados com certeza. Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Tenho visto maravilhas acerca do livro e adorei os quotes que separou para nós. Me deixaram com mais vontade de ler a obra.
    Fico triste por saber que o tal do segredo não é tão surpreendente assim, pois tenho muitas expectativas em torno dele. Que bom que gostou da leitura e pretende ler mais obras do autor.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Stéfani,
    Também adoro romances de época e estou viciada nesse livro e suas intrigas. Estou degustando ele aos poucos, pois quero ler tudo com os mínimos detalhes possíveis. Apesar de estar no começo, percebi esse romance entre Maria e Charle e estou bem curiosa para saber o que vai acontecer com os personagens.
    Adorei sua resenha e as fotos.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Vou te contar um segredo...eu claramente sempre digo que romances de época não chama a minha a atenção, mas o enredo desse me cativou desde a primeira vez que vi a sinopse e agora lendo sua resenha tenho mais certeza ainda de que preciso ler. O que acho mais bacana é o pano de fundo dele sobre a guerra Waterloo e acho lindo o conteúdo histórico dele. Essa capa também é envolvente e me cativou desde o primeiro momento. está ai um romance de época que me conquistou e que eu pretendo ler em breve,
    um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Eu já conhecia a obra! Afinal se trata de um lançamento dessa editora que eu amo muito. Mas ao contrário ode você eu não sou muito fã de Elvis de épocas, mas curto um sempre que posso. Achei a proposta do livro e é falar que essa capa está muito livro. Também ao contrário de você, eu gosto quando o livro é em 3° pessoa! Rsrs. Adorei as considerações. Até mais vê amore
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Sabe que toda semana estou lendo uma resenha desse livro? Estou me sentindo na obrigação de lê-lo... o enredo do livro parece bem legal, e sua resenha ficou ótima. Uma pena o segredo não ser algo grande, adoro livros com reviravoltas!
    Abraços, Helô

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    Eu já li resenhas so livro e ainda que não seja fa de romances históricos ate me interessei. também por teres dito que e uma nva experiencia dentro do género! :)

    Que bom que gostaste! :) Eu também gosto desses jogos e intrigas... que fazem as paginas avançar! :) ahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Oie tudo bom?
    Então eu não consigo simpatizar com esse livro já li inumeras resenhas ótimas todo mundo diz que é maravilhoso mais não me ganha não gosto da capa nem da sinopse e descobri que o segredo não é lá essas coisas diminuiu ainda mais minha vontade deler.
    Enfim como meu plano é ler todos os livros do mundo em algum momento eu vou ter que encará-lo.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  12. Tanta gente lendo romances de época e nenhuma é eu hahaha. Ainda não tive a oportunidade de conferir nenhum, mas adorei esse, principalmente pela capa super lindinha. Não conhecia o enredo, e mesmo que tenha algumas partes arrastadas, acho que eu arriscaria a ler sim, principalmente pelas intrigas e tudo mais. Acho que fluiria rápido pra mim.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oiiii,

    Adoro romances de época e já li algumas resenhas sobre Belgravia, me deixou curiosa, mas não tanto a ponto de passar a frente de outras leituras rs.
    Adorei a exposição e ameiii a xícara de brinde *_*

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  14. Amo romances de época e esse livro já faz um bom tempo que venho namorando. Não sabia que a escrita era assim tão diferente, mas concordo com você que às vezes é ótimo saber o que os outros personagens estão pensando.
    A sinopse está muito boa e sua resenha ficou bem detalhada. Adorei as fotos, à propósito.
    Acho que é chegada a hora de parar de namorar a distância e ter um exemplar pra chamar de meu. Haha!
    Beijos, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Stéfani, tudo bem?
    Acredito que é a primeira vez que ouço falar de um livro de romance de época onde o romance está em segundo plano. Não conheço o gênero, mas tenho muita curiosidade e pela sua resenha, esse livro me pareceu interessante por retratar tão bem como as coisas funcionavam naquela época, as intrigas, costumes, crenças e a questão de sempre querer manter as aparências. Imagino mesmo que o segredo revelado não seja grande coisa, mas para os padrões da época deve ter sido algo chocante e fico imaginando o que seria. Acho que a editora caprichou muito bem na edição, achei ela muito linda!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  16. Oi Stéfani,
    Logo quando a Intrínseca lançou esse livro, foi em e-book e creio que os capítulos como um folhetim. Isso não me chamou muito a atenção até porque não tinha visto ninguém comentando sobre do que se tratava.
    Achei o enredo bem interessante ainda mais que parece misturar ficção e história real. Apesar da força dos romances de época, acho que esse é o primeiro que trata sobre esse período de industrialização da Europa. Realmente agora fiquei BEM curiosa por essa leitura.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Então, não conhecia o livro e achei a capa linda. Bom, nunca li nada do gênero, mas tenho várias indicações anotadas e essa é mais uma delas, é claro haha Fiquei bem curiosa pra saber qual seria o segredo, porque da pra imaginar que seja algo terrível, mas você disse que ele não é tão impactante assim, então, estou curiosa com isso haha Adorei a sua resenha

    ResponderExcluir
  18. Olá, sua resenha está ótima,muito bem escrita e detalhada e eu adoro resenhas assim pois sabemos o real motivo de você ter gostado ou não do livro.
    primeiramente, parabéns pelas fotos, estão lindas, amei todas e sobre o livro, eu achei curioso, e diferente da maioria dos romances de épocas que temos, que são totalmente focados em romance, mas não sei se leria ja que não é meu gênero favorito

    ResponderExcluir
  19. Olá
    Assim como você sou uma amante de romances de época, li poucos, mas foram suficientes para me apaixonar.Bom eu fiquei super curiosa em saber pq muitos morreram creio que só vou descobrir isso lendo. Não curto muito narrativa em terceira pessoa, mas pelo que vi essa narrativa é essencial para o enredo. A leitura parece ser bem fluida e rápida ainda mais para quem curte o gênero.Em breve quero fazer A leitura desse livro realmente gostei muito da premissa só a capa que acho que poderia ser mais encrementada. BEIJOS 💜

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem? Também sou a doida dos romances de época e fico feliz de ler sua resenha, a dica com certeza será anotada. Gosto muito da ambientação, principalmente quando reflete a realidade da época e personagens com personalidade interessante. Parabéns pela resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oi, eu amo quando os romances históricos envolvem fatos realmente históricos. E esse parece ser o tipo de livro ideial nesse quesito. Fiquei curiosa sobre o que pode ter acontecido naquela noite e principalmente, nos 25 anos depois. Muito interessante isso do romance não ser o foco do livro. Embora eu ame romances, acho que teria estragado esse livro se fosse em muito excesso. Fiquei curiosa e pretendo ler.
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oiee ^^
    Eu também adoro romances históricos, mas também não sou fã da narrativa de "Belgravia". Até que gostei do livro, mas eu esperava um pouco mais, sabe? Algumas partes foram bem cansativas para mim, e eu não consegui gostar de nenhum personagem, apesar de ter simpatizado com alguns e de cara odiado outros. Enfim, foi uma leitura boa, mas não o leria de novo.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  23. Fiquei encantada com este livro desde a primeira resenha que li dele, e a cada outra que vejo meu desejo de leitura aumenta, ainda mais por ser um romance de época. Mesmo você falando de algumas partes mais cansativas, isso não tira o meu entusiasmo com o livro.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Eu já tinha visto gesseiro mais não sabia que era um romance de Época. A história me pareceu envolvente e com elementos específicas para o ambiente que se passa. Amei saber que existe um romance mesmo que seja de fundo.
    Assim que puder quero ler o livro.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir