14 julho 2016

[Claquete 13] Filme - Procurando Dory

Sinopse: Quando Dory repentinamente se lembra de que tem uma família em algum lugar que pode estar procurando por ela, o trio embarca em uma aventura que vai mudar suas vidas cruzando o oceano em direção ao prestigioso Instituto da Vida Marinha (IVM) na Califórnia, um centro de reabilitação e aquário. Em uma tentativa de encontrar sua mãe  e pai , Dory conta com a ajuda de três dos residentes mais intrigantes do IVM: Hank , um polvo briguento que frequentemente dá um perdido nos funcionários; Bailey, uma baleia branca que está convencida que suas habilidades de ecolocalização não funcionam mais; e Destiny, um tubarão baleia míope. Navegando habilmente pelo intrincado funcionamento interno do IVM, Dory e seus amigos descobrem a mágica que existe em seus defeitos, sua amizade e família.
Título: Procurando Dory
Lançamento: 30 de Junho de 2016
Duração: 1h35min
Diretor(a): Andrew Stanton e/ou
Distribuição: Pixar, Walt Disney Pictures
Gênero: Animação, Comédia

Fiquei bem feliz quando anunciaram que teria uma continuação da minha animação preferida. Procurando Neno foi lançado em 2003, e pensar nisso me faz ver o quanto estou envelhecendo rápido (risos). Dory sempre foi minha personagem favorita e nunca tinha parado para pensar em como foi a vida dela antes de conhecer Marlin e Nemo. Aqui algumas atitudes marcantes que ela teve no primeiro filme são explicadas, como a música "Continua a nadar" e se ela realmente aprendeu baleiêis.

O filme se inicia após um ano dos acontecimentos da busca por Neno. Dory está vivendo junto com Marlin e Neno, e de repente começa a ter lembranças da sua família, ficando desesperada pois acha que seus pais ainda estão atrás dela. Nisso os três embarcam rumo a Califórnia para encontrar sua família, mas antes que chegarem Dory é capturada pelos pesquisadores do IVM - Instituto da Vida Marinha. Lá ela começa a ter lembranças de seu passado e até mesmo descobre que viveu sua infância no IVM. Junto com a ajuda de sua amiga de infância Destiny e o polvo Hank, ela tenta encontrar seus pai. Ao mesmo tempo, Marlin e Neno tentam entrar no instituto para trazer Dory de volta pra casa.


Não sei como, mas a Disney conseguiu fazer Procurando Dory ser mais apaixonante que o primeiro filme. Temos vários flashbacks ao decorrer da estória, e não tem como não se encantar com a Dory bebê e suas constantes perdas de memórias. Ali percebemos que ela já nasceu assim, ou como eu imaginava, causado por algum acidente. Outra coisa que adorei foi o fato de rever personagem do primeiro filme. A sensação de nostalgia bateu forte quando as tartarugas aparecem e o Sr. Araiá.


O enredo também trás semelhanças com seu anterior. Vemos perseguições por peixes maiores, humanos capturando-os, e cenas de aquário. Mas tudo foi administrado tão bem que não tem peso algum negativamente na estória. Aqui temos mais ações e um enredo frenético. Dory se esforça ao máximo para tentar achar seus pais, enquanto esquece constantemente suas memórias e propósito. Fiquei com meu coração apertado em algumas cenas, em especia a que mostra a forma como ela se perde de seus pais e fica anos perdida sem saber o que fazer, até encontrar Marlim.


O que mais amei no filme foi descobrir algumas coisas que sempre me deixaram curiosa. Como a forma que Dory aprendeu a falar baleiês, ou o seu lema "Continua a Nadar", que agora vem acompanhado de um "O que a Dory faria". Além de ver antigos personagens, também conhecemos novos. Como a melhor amiga de infância, a baleia Destiny, ou o polvo mal humorado Hank, além é claro, dos leões marinhos obsessivos com sua pedra. Ri em vários momentos e não pude conter o sorriso quando o filme chegou ao fim.


O destaque mesmo vai para nossa queria Dory bebê, que supera no quesito fofura. Ela sofre bastante com as perdas de memórias e por isso seus pais estavam sempre fazendo coisas para que ela se lembrasse do lar. Vamos conhecendo o passado juntamente com ele, e a cada revelação muitas coisas fazem sentido ligando a coisas que nem saiamos que era importante.

Algo que achei bem curioso foi o fato de quando bebê ela era toda tímida, bem diferente da Dory alegre e descontraída que é quando adulta. Pra mim, a personagem sempre teve destaque e levaria facilmente o filme sozinha, porém foi muito bacana estar com todos reunidos novamente.


A Disney deu um grande presente aos fãs. Ouvi vários comentários dizendo que o filme agradaria muito mais aqueles que tem certo apego ao primeiro filme, e de fato é verdade. Fez parte da infância de boa parte dos adultos de hoje, mas também é válido destacar que as crianças de hoje também irão amar. Eu mesma levei minha irmã de 7 anos e ela ficou encantada com a peixinha sem memória. O filme com toda certeza superou minhas expectativas e torço para que não pare por ai. Procurando Dory é recomendado para toda família.


10 comentários:

  1. Parece ser muito divertido! Quero assistir!
    Beijos, Aline
    http://versoaleatorio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olha eu sou da época de procurando Nemo (gente sou velha abafa) kkk
    Mas desde aquela época não era um filme que eu ficasse apaixonada. Tanto que esse nem tô tão animada. Mas sua crítica sobre o filme está muito boa e que bom que sua irmã gostou.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Confesso que nunca gostei muito do Nemo na infância, mas ainda assim estou com vontade de ver o filme da Dory. Gostei da sua resenha ;)

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. A disney tem o poder de encantar. Eu sou loucamente apaixonada por esse filme. Eu pretendo assistir ele em breve, porque realmente é uma gracinha e muito bom!

    Oxente, Leitora!

    ResponderExcluir
  5. Quando fiquei sabendo do lançamento fiquei muito contente. Eu amei ao primeiro filme e Dori é simplesmente divertida. Quero muito levar minha filha para assistir. Bjkas

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Primeiramente gostaria de dizer que achei seu blog super lindo, parabéns!
    Bom, entendo que seja um filme lindo e que muita gente esteja adorando, mas não sei se assistiria. A verdade é que não gosto de Procurando Nemo, então...

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi! Tudo bem?

    Quando fiquei sabendo desse lançamento eu fiquei MEGA ansiosa. Eu amo "Procurando Nemo" e a Dory é a minha favorita. Eu me identifico muito com ela, pois sou esquecida igual que nem. hahahah Eu me apaixonei por essa adaptação! Tudo muito bem feitinho e divertido, além de muito fofo.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  8. Muito chateada por ainda não ter visto este filme ainda :( Parece ser a coisa mais fofa e linda do mundo ❤️
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    Para mim Procurando Nemo é um dos melhores filmes da Disney. Mas gostei tanto desse que entrou para a lista de proferidos também! Achei o filme um amor só!
    Bjus

    ResponderExcluir
  10. É uma pena que estou perdendo uma safra de ótimos filmes, Procurando Doru estava entre os meus escolhidos pra assistir nos cinemas, e nãop em casa como tenho feito já que tenhoperdido a oportunidade. Mas, fico feliz que este filme tenha alegrado e satisfeito muita gente. Saudades de "Continue a nadar..." rsrsrs
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir