09 maio 2016

[Resenha] Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar - Por Sarah MacLean

Título: Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar
Os Números do Amor #1
Autor (a): Sarah MacLean
Páginas: 384
Editora: Arqueiro
Skoob || Encontre
4 ESTRELAS
Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.

Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.

Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Londres - 1813, Lady Calpúrnia Hartwell filha mais velha do conde de Allendale e lady Allendale, fruto de um casamento de amor e totalmente desgostosa com sua primeira temporada como debutante, ninguem com menos de 70 anos a havia chamado para dança, e embora seus modos e sua linhagem fossem perfeitas, todos os jovens desejáveis a haviam ignorado, porque? Callie não era uma beldade “Pragmática demais para ser bela”.

Depois de mais uma noite desastrosa em um vestido realmente horrendo Callie foge dos salões de baile da casa Worthington, mesmo com medo que sua mãe lady Allendale a reprenda Callie esta decepcionada demais com seus atuais pretendentes para ficar mais um segundo aturando o baile, mais como o destino sempre prega uma peça em belas moças despreparadas Callie encontra o solteiro mais cobiçado e também o libertino mais comentado de toda Londres Gabriel St. John. O marquês de Ralton que por sua vez tenta acalmar e animar a jovem debutante, depois de belas palavras trocadas lá estava Callie, correndo atrás do Marquês pelo labirinto de sebes só para encontra-lo com uma amante, era tudo que Callie queria, um beijo apaixonante como os que a mulher experimentava naquele momento, ou melhor, ela queria ser aquela mulher naquele momento.

"E, bem no fundo de seu estômago, a surpresa juvenil foi substituída por uma chama lenta de inveja, pois nunca em toda a sua vida quisera tanto ser outra pessoa. Por um momento, permitiu-se imaginar que era ela nos braços do marquês"

Dez anos se passaram e Callie já se conformara em ser uma solteirona convicta, depois de alguns anos rejeitando caçadores de dote e velhos como pretendente Callie havia se conformado em ser apenas uma perfeita dama embora solteira ainda acreditava que o casamento devia ser por amor, como o da sua irmã mais nova que estava prestes a se casar, Callie estava pronta para continuar sua vida sem graça e chata até que na noite do noivado de sua irmã ela e o novo conde de Allendale que também é seu irmão mais velho, fugindo das inteirações familiares conversam sobre aventuras, aventuras que Callie gostaria de ter, algumas delas que poderiam realmente manchar sua mais do que impecável reputação, mesmo assim ela já tinha 28 anos e queria viver algumas aventuras já que encontrar o amor estava fora da jogada, porem não tinha coragem o suficiente. Não até ouvir sua irmã e seu futuro cunhado falarem sobre ela, e como ela era passiva demais,

Passiva! eles a achavam passiva, Callie não queria ser passiva, poderia nunca ter a chance de ser mãe ou esposa mais não seria passiva, e esperaria o fim dos seus dias sem aproveitar nada, Callie teria suas aventuras, as aventuras que por sorte escreveu em um papel, começando pela primeira de todas “Beijar Alguém…. Apaixonadamente” e ela sabia quem queria como primeiro.

O Marquês de Ralston tinha problemas demais, um irmão meio irresponsável, uma mãe que fugira a muitos anos atrás e aparentemente uma meia irmã Italiana que sua mãe fez o favor de também deixar para trás. Agora teve que dispensar sua mais do que linda amante, e tem que começar a melhorar sua reputação para que sua meio irmã católica caia nas graças da alta roda londrina, para isso ele precisaria de uma madrinha para ela, uma com uma reputação mais do que perfeita, para sua sorte Calpúrnia a dama mais respeitável de toda Londres esta no seu quarto, e ainda por cima ela quer um beijo, sem poder perder a oportunidade Gabriel faz um trato com Callie, ela ajudaria sua irmã a cair nas graças da sociedade e ele lhe daria um beijo inesquecível.

"E retornou aos lábios de Callie, tomando sua boca novamente, roubando-a de todos os pensamentos com uma carícia profunda e inebriante. Só o que queria era ficar mais próxima dele, ser abraçada com mais firmeza. E, como se pudesse ouvir seus pensamentos, ele a puxou mais para perto aprofundando o beijo. O calor a consumia. Aqueles lábios macios e provocantes pareciam
conhecer todos os seus segredos"

Callie é uma mulher forte e apaixonante, decidida com todas as suas forças a não ser como outras damas e se casar apenas porque se deve, ela quer o amor, embora ela e Gabriel sejam totais opostos. Enquanto ela deseja o amor e sabe que ele existe pois é fruto de um casamento assim. Em contrapartida Gabriel acredita que tudo que o amor representa é dor, ele não quer ser igual ao pai, fraco e deficiente que morreu depois que sua esposa o deixou.

Gabriel sempre fugiu das mamães da alta-roda mas embora não diga, ele faria de tudo para que sua mais nova e irritadiça irmã caísse nas graças da alta sociedade. A autora passa muito bem para os leitores os sentimentos dos dois, as críticas aos desafios que as mulheres tinham em relação as suas limitações são impecáveis e sempre com um bom humor, de um jeito divertido e muito romântico a autora junta os opostos que agora não são tão opostos assim.

Gabriel ajuda Callie em sua lista de aventuras e antes mesmo de perceber se vê apaixonado por ela, a dama mais honrável de toda Londres. Callie que sempre foi apaixonada pelo Marquês se vê cada dia com um amor crescente por ele. S autora desenrola a estória de uma forma cômica onde Callie acaba cumprindo todos os itens de sua lista de aventuras com muita diversão e muita paixão em cada item, sendo que quando a lista acaba os dois opostos acabam encontrando a felicidade e superando suas limitações, no amor e na vida.

"O grito veio do outro lado do campo, e ele se virou na sua direção, sabendo, antes de olhar, que Callie estava ali – que estava correndo até ele. E só o que conseguia pensar era que Oxford ia mirar longe e que, se escolhesse atirar na direção dela…"

Se estão procurando uma trama cheia de aventura e paixão explosiva, a escritora Sarah MacLean com o romance Nove Regras a se Ignorar Antes de se Apaixonar é uma ótima pedida. Eu devorei o livro em umas oito horas pois não podia parar de ler. Escrito de uma maneira para te transportar para 1823 em Londres, e acreditem como uma viciada em literatura estrangeira de época esse livro é perfeito para você se apaixonar, até mesmo se for por um libertino mais do que conhecido por seus feitos. eEu totalmente recomendo essa leitura pois ela ira te levar para outra realidade, uma cheia de aventura e amor, e pra quem quer saber quais são as nove regras a se Ignorar aqui vai.


1. Beijar alguém… apaixonadamente
2. Fumar charuto e beber uísque
3. Montar com as pernas abertas
4. Esgrimir
5. Assistir a um duelo
6. Disparar uma pistola
7. Jogar (em um clube para cavalheiros)
8. Dançar todas as danças de um baile
9. Ser considerada linda. Pelo menos uma vez.

20 comentários:

  1. Oi Shelly, preciso muito ler esse livro. Sem contar que amo romances de época e achei essa capa simplesmente linda. Já li várias resenhas e todas são muito positivas. Adorei as nove regras haha e fiquei ainda mais motivada para fazer essa leitura.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer... Eu super recomendo a leitura desse livro, como uma amante de romances de época eu me surpreendi com o modo que a autora nos transporta para dentro dele, e tenho a impressão que você também vai amar.

      Excluir
  2. Estou viciada em romances de época, então quando a Arqueiro lançou, esse foi automaticamente para minha lista de desejos. A cada resenha fico mais animada para fazer essa leitura. Faço parte de um grupo de leitores desse gênero e os comentários positivos são 100%.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho a leve impressão que você não vai se arrepender dessa leitura Thiana.

      Excluir
  3. Oi, flor.

    Eu já li esse livro e concordo com tudo que você disse. É uma ótima pedida para quem ama romances de época, além de fazer com que vários leitores se apaixonarem por essa história linda. Eu também li o livro em poucas hora e, nossa, é lindo demais! Estou ansiosa para os próximos livros da série.

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra serie de romance de época dessa autora que é muito boa é (O Clube dos Canalhas) eu li todos os livros dessa serie e amei a forma como a autora escreve, logo mais vou fazer a resenha de todos os livros dessa serie e é claro estou morta de ansiedade para o próximo livro da serie (Os Números do Amor)

      Excluir
  4. Sou apaixonada por esse livro. A história é extremamente linda e essa capa é uma fofura que só, muito charmosa. Eu estou louca para ler o próximo volume (que é com o irmão dele), já me disseram que é ainda melhor do que esse. Se me apaixonei por Gabriel, o que será de mim ao ler o segundo volume???

    ResponderExcluir
  5. Oi Shelly,
    quero muito ler esse livro, amo tramas com libertinos hahaha eles são os melhores personagens na minha opinião e para completar a protagonista é forte e fora dos padrões? Então fechou, acho que quando for ler vou devorá-lo assim como você... A história me pareceu uma mistura da série canalhas e os Bridgertons, duas que amos de paixão por sinal.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Não sou fã de romances de época, mas esse livro chamou muito minha atenção, pois quero ver como essas regras se encaixam na história.
    Sem falar que a sua resenha trouxe vários elementos interessante como aventura e paixão explosiva. Adoro esse tipo de elemento.
    Amei a resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Apesar de eu não curtir romance de época acho bacana nesse a autora ter feito uma personagem feminina como Callie mais forte e com essa lista de regras para chocar mesmo a sociedade daquela época!!! Haha!!!
    Mas mesmo assim não leria o livro!
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Oi, já vi muitas resenhas sobre esse livro e estou mudando de ideia em relação a ele, já que no inicio eu não curti ele e nem queria saber, já que não curto muito romance de epoca, mas esse está mudando a minha mente, já que todas as resenhas que vi, foi só elogios, e esse livro em particular chamou a minha atenção, pois achei interessante ela ter essas regras que quer realizar. Vou ler ele em breve.
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Olha eu comprei esse livro assim que ele foi lançado.
    Eu ainda não o peguei para fazer a leitura porque tenho outras prioridades na frente, mas espero poder gostar bastante, até porque preciso entrar de pé direito nesse gênero de Romance de Época que até agora só li um livro rs

    Mas eu gostei muito da maneira como você abordou as questões da trama na sua resenha e também a maneira como tu falou dos personagens. Me pareceram bastante envolventes e espero poder gostar assim como você também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/reflexao-parte-5.html

    ResponderExcluir
  10. Oi Shelly, tudo bem?
    Nunca li romance histórico, mas pela sua resenha esse livro parece legal! Sempre gostei de fazer listas, mesmo não conseguindo cumprir tudo pois sempre colocava algo meio impossível no meio. Estou curiosa para saber se Callie conseguirá cumprir tudo e se ainda terá a chance de conhecer o amor, mesmo que tardiamente.
    Adoro histórias que sejam tão bem escritas que fazem o leitor transportar para o local descrito, no caso, Londres. Espero conhecer esse livro em breve pois Callie parece ser uma personagem que foge do padrão de outros e eu adoro personagens que não se encaixam tão bem sem seus papeis, pois eles sempre acabam nos surpreendendo.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Shelly lindona sou apaixonada por essa capa, a premissa é muito interessante e sai bem do usual nas histórias , gosto dessa coragem da protagonistas em se aventurar nessa lista maluca saindo das convenções da época, esse livro já é uma de minhas próximas leituras. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oiee Shelly ^^
    Eu simplesmente amei esse livro! Sou doida por romances de época, mas quando este chegou, imaginei que ele seria como os outros, sabe? E a autora não me surpreendeu? Fiquei boba quando já estava torcendo pela Callie nas primeiras páginas, e mais boba ainda com as cenas em que Gabriel aparecia e eles trocavam farpas. Eita casal teimoso ♥ Amo esse livro ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Shelly, tudo bem?

    Romances de época não me atraem, pois sempre acho as protagonistas muito parecidas, mas esse parece ser divertido e fiquei curiosa para ver a Callie cumprindo sua lista de aventuras, os protagonistas parecem bem diferentes um do outro, mas isso acaba por complementá-los. Enfim, não sei se leria, mas parece ser uma história leve e divertida.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. Oi, Shelly
    É a primeira resenha que vejo a lista toda e adorei haha
    Uma mulher do século XIX fazendo tudo isso, algo que lhe era proibido, só mostra a hipocrisia daquele século, e o quanto esse livro deve ser incrível.
    Gostei de saber que tem bastante aventura e amor. Quero muito ler o livro. Amei a resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Esse é um dos livros que está na minha lista de desejados desde seu lançamento, pois além de amaaaaaar romances de época, todos falam que a leitura desse flui mais rápida que qualquer outro, e a mocinha é muito mais forte e decidida.
    Com certeza é um livro que vou ler, e espero que seja em breve.

    ResponderExcluir
  16. Oi Shelly,
    Eu sou apaixonada por romances históricos, nunca li nenhum dessa autora, mas ela tem sido super recomendada. Eu adoro essas mocinhas empoderada e a frente do seu tempo, simplesmente amo essa desconstrução que as autoras tem feito nesse tipo de romance que sempre foi tão permeado de machismo. Se eu já queria ler a obra, agora quero mais ainda!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Também devorei esse livro rapidinho, pois não conseguia parar de lê-lo!!! Amei demais essa narrativa e já quero muito os outros livros da trilogia! Realmente a relação entre os personagens é explosiva. Amor demais. Eu adorei tua resenha, ficou ótima!! <3
    Beijos!

    ResponderExcluir