11 maio 2016

[Resenha] Bound By Honor - Por Cora Reilly

Título: Bound By Honor
[Born in Blood Mafia Chronicles #1]
Autora: Cora Reilly
Editora: Createspace
Páginas: 322
4 ESTRELAS

Sinopse: Nascida no seio de uma das mais importantes família da máfia de Chicago, Aria Scuderi luta para encontrar seu próprio caminho num mundo onde opções não são oferecidas. Aria tinha apenas quinze anos quando seus pais a prometeram a Luca O Cruel Vitiello, o mais velho dos filhos do chefe da Cosa Nostra em Nova York, para garantir a paz entre as duas famílias.

Agora, aos dezoito anos, o dia pelo qual Aria esteve temendo por anos está se aproximando perigosamente: seu casamento com Luca.

Aria está aterrorizada de se casar com um homem que mal conhece, especialmente alguém como Luca, que conseguiu seu apelido, O Cruel, esmagando a garganta de um homem apenas com as mãos. Luca pode ser um dos homens mais cobiçados de Nova York por sua boa aparência, riqueza e carisma predador, mas as garotas da sociedade nova-iorquina que se jogam em cima dele não sabem o que Aria sabe: que a aura de bad boy não é apenas um jogo; sangue e morte se escondem sob os impressionando olhos cinzentos e sorriso arrogante de Luca.

No mundo dela, um exterior bonito geralmente esconde um monstro; um monstro que pode facilmente tanto matar quanto beijar você.

O único jeito de escapar do casamento com Luca seria fugir e deixar tudo que ela já conheceu para trás, mas Aria não pode suportar o pensamento de nunca mais ver sua família outra vez.

Apesar do seu medo, ela decide ir em frente com o casamento; Aria cresceu entre predadores como Luca, e ela sabe que até mesmo os bastardos com o coração mais frio possuem um coração, e ela tem toda a intenção de trabalhar o seu caminho até o de Luca.


"Entro Vivo e Saio Morto"

Essas palavras nunca fizeram tanto sentido como no dia em que seu pai o consigliere do chefe da máfia de Chicago a Chicago Outfit, deu sua mão em casamento para Luca filho do Capo dei Capi chefe da família de Nova York. Aria tinha apenas quinze anos e nascera na Máfia, destinada a casar com alguém que mal conhecia. Ela só não esperava que fosse "O Cruel" que fora apelidado assim por esmagar a garganta de um inimigo com as próprias mãos.

Seu pai parecia orgulhoso por ela ser a escolhida, a beleza italiana, a garota mais bonita. Se dependesse dele Aria já estaria a caminho de Nova York para o casamento, porém graças a sua mãe e a Fiore Cavallaro o chefe de seu pai ela ainda tinha tempo., três anos para ser exata. Três anos em que ela deveria terminar seus estudos e se manter intocada para o seu futuro marido.

"Assim, o Chefe tinha dito ao meu pai que o casamento ia esperar. Meu próprio pai teriame jogado nos braços de meu futuro marido agora. Meu marido. Uma onda de horror caiu sobre mim"

Apenas seu pai parecia feliz com o futuro casamento, suas irmãs mais novas Gianna e Lili achavam que seu pai a havia vendido a Luca, enquanto seu irmão de apenas cinco anos Fabiano tinha certeza que Luca queria roubar Aria da família, mas Aria só sabia de uma coisa. Não havia perspectivas de um futuro, tudo já havia sido decidido e ela não tinha escolha.

Luca Vitiello não tinha um coração, Aria sabia disso, embora muito bonito e jovem e com certeza rodeado de belas mulheres ele era um assassino. Todos na máfia eram assassinos, em sua festa de noivado Luca enfatizou cortando o dedo de seu primo Raffaeli como recado para todos que olhassem desejosamente para Aria. Ele era tão perigoso como parecia e Aria estava apavorada em ser sua esposa.

O tempo parece engraçado, três anos se passaram muito rápido e agora em seu aniversário de dezoito Aria já se preparava para o casório. Gianna a incentivava a fugir mas o simples pensamento de deixa-la e junto Lili e Fabiano para sempre era aterrorizante demais para ela pensar. Tinha que casar com o monstro que perturbava seu sono, as famílias de Chicago e Nova York precisavam dessa aliança para enfrentar a Bratva e a Triad como uma só família.

"Nascido no Sangue. Jurado no Sangue. Esse é o lema"


Aria é uma mulher forte, sabe que ninguém na máfia e inocente incluindo ela, seus medos pessoais não são nada comparado ao amor que ela nutre por seus irmãos onde faria qualquer coisa por eles. Morreria por eles e se casaria com Luca intocada como uma virgem e obrigada a casar com o que ela considera um monstro, tudo por seus irmãos, Gianna sua irmã não gosta nada disso e demonstra da pior forma, como uma presa ela provoca Matteo Vitiello, e Lili se apaixona pelo segurança de Aria, todos enfrentam a noticia de uma forma verdadeira e única, seu pai e um exemplo de felicidade enquanto sua mãe mesmo que não aparente morre de preocupação.

Luca parece um herdeiro perfeito e bonito por fora da máfia porém dentro dele é o futuro Capo Dei Capi e um assassino sem coração. Aria esta disposta a entrar no cubo de gelo que bombeia sangue para as veias de Luca e fazer o casamento dar certo, essa e a única forma que ela vê para que consiga sobreviver a tudo isso, o que ela não esperava era que ele seria tão bom com ela.

Nossa autora Cora Reily mostra as dificuldades que as mulheres na "família" vivem, sem nenhuma escolha para o futuro, tudo é decidido por seus pais ou maridos,  não são consideradas importantes ou valiosas. O incrível foi como a autora mesclou essa realidade com o romance. Começou devagar quase parando pois depois de certas negações na cama Luca arranja uma amante e Aria vê tudo, e mesmo assim Luca corre atrás dela e cada vez mais se vê afundando dentro do casamento.

Em um mundo onde sentimentos são fraquezas e as fraquezas levam a morte Luca não tem para onde correr quando começa a perceber que está cada vez mais apaixonado por Aria, ainda mais quando seu pai e assassinado.

Com algumas partes cômicas, mortes e traições a autora tem um romance bombástico capaz de tirar o fôlego de qualquer pessoa apaixonada por romance e fazer alguns relutantes se apaixonarem pelo gênero. O sexo é explosivo e em vez de contar só como ele é bom e gostoso a autora mostra como pode ser dolorosa e nada prazerosa a primeira vez de uma mulher, porém com o homem certo e a dose de dedicação certa o sexo fica muito mais gostoso e com certeza prazeroso com o passar de algumas vezes.

"Minhas costas arquearam para fora da cama. Eu fechei os olhos, respirando pelo nariz para aliviar a dor. Me sentia muito cheia, como se fosse rasgar. Eu enterrei meu rosto na garganta de Luca e comecei a contar, tentando me distrair."

Mas nem tudo são flores e rosas. Para vocês que não gostam de romance muito "frufru" esse livro é perfeito pois mostra a realidade e a falta de escolhas que as mulheres ainda tem no século XXI e como a criminalidade e as organizações mafiosas são brutais e violentas. No meio disso um amor como o de Aria e Luca se fortalece  criando raízes buscando vencer no final, mesmo com a morte sendo uma constante em suas vidas. É um ótimo livro que trás muitas emoções e reflexões que recomendo muito para os amantes do gênero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário