06 abril 2016

[Resenha] Sr. Daniels - Por Brittainy C. Cherry


Título: Sr. Daniels
Autor (a): Brittainy C. Cherry
Páginas: 322
Editora: Grupo Editorial Record
Skoob || Encontre
4 ESTRELAS
Sinopse: Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.
Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.
Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Ashlyn não sabe o que fazer da vida após perder sua irmã gêmea. O convívio em sua casa se torna insuportável ao ponto da mãe envia-lá para morar com o pai e sua nova família. Levando poucos pertences ela vai rumo a nova vida e na estação de trem conhece o músico Daniel Daniels, um jovem que compartilha sua paixão por Shakespeare e até mesmo compõe músicas inspiradas nas obras do autor. Ambos sentem atração e uma ligação instantânea, Daniel a convida para ver uma de suas apresentações em um bar da cidade e Ashlyn fica feliz em poder vê-lo novamente.

— É... Hamlet. Foi mal, não quis interromper você — desculpou-se, sua voz era muito doce. Fiquei pensando que era como o mel soaria se tivesse uma voz. Eu realmente não precisava de um pedido de desculpas. Estava feliz por descobrir que havia outras pessoas no mundo que citavam William.
— Não. Você não me interrompeu. Eu... eu não quis dizer “sai daqui” de um jeito “vai embora”. Eu quis dizer isso mais na forma de: “Putz grila, não acredito! Você sabe Shakespeare de cor?!” Foi mais esse estilo de “sai daqui”.
— Você acabou de dizer “putz grila”?
Senti um nó na garganta. Sentei-me mais ereta.
— Não.
— Humm, acho que você disse.
Capítulo 02

Em pouco tempo eles se envolvem e percebem o quanto são parecidos, ambos tem tragédias no passado e carregam feridas permanentes no presente. Os problemas começam quando em seu primeiro dia de aula Ashlyn descobre que Daniel é o Sr. Daniels seu novo professor de inglês. Eles ficam confusos com a nova situação e tentam ficar separados mas percebem que o sentimento que começa a surgir é mais forte. Enquanto todas as coisas começam a sufocá-la ela ainda tem que se adaptar a uma nova escola e ao convívio diário com o pai e sua madrasta que deseja ser perfeita, seus meio-irmãos se tornam uma grata surpresa vendo que são pessoas melhores do que imaginava. Em meio a dramas familiares Ashlyn e Daniel buscam curar suas feridas um no outro, mesmo o mundo gritando para se separarem parece tão certo estarem juntos.



- - - - - - - Minhas Impressões - - - - - - -


Quando peguei esse livro estava aquele frisson de tão aguardado, fui temerosa pois a premissa me lembra muito Métrica da autora Colleen Hoover, foi inevitável comprar os personagens e acontecimentos logo no início da estória mas fui descobrindo que Sr. Daniels apesar do plote clichê é único.O livro é narrado em primeira pessoa alternando o ponto de vista entre os protagonistas dessa forma podemos ver todas as reações dos personagens não deixando nenhum ponta solta sobre os acontecimentos.


Ashlyn por diversas vezes me irritou ao decorrer da estória trazendo a empatia logo no começo, mas acabou que fui me apegando a moça e comecei a entender suas atitudes, ela perdeu sua irmã gêmea no qual sentia que era sua outra metade assim desestruturou tudo que ela sabia sobre si mesma ficando perdida ou saber o que fazer, de quebra ainda a mãe a manda morar com o pai no qual não tinha contato a muito tempo. Considero-a uma personagem muito forte, eu não conseguiria passar por tantas coisas e ainda conseguir seguir em frente como ela fez, creio que só quem perde alguém tão próximo pode saber esse sentimento de vazio que a morte deixa nas pessoas.


Daniel por outro lado me cativou logo de cara, como não se apaixonar com um cara lindo que ainda recita Shakespeare pra uma garota??? Foi amor a primeira vista. O personagem trás toda uma bagagem de desgraça ao decorrer de seus poucos anos de vida, viu pessoas que amava se perdendo e outras morrendo e mesmo assim ainda conseguia sorrir e ser feliz da maneira que podia. Também demostra uma sensibilidade e intensidade muito grande não querendo machucar os que estão próximos muitas vezes até mesmo colocando suas vontades de lado para fazer a de outros.


Os personagens secundários da estória foram muito bem construídos, a sensação que tive foi que eles realmente existiam e estavam próximas a mim tamanha a forma como me envolvi e me apeguei a eles. A grande surpresa fora os meio-irmãos da protagonista, a mãe deles é religiosa e deseja que tudo e todos sejam perfeitos levando os filhos viverem de aparências pois nem de longe eles são o que ela espera.


Hailey tenta ser o modelo de perfeição que mãe deseja mas não se priva de suas vontades quando ela resolver fazer algo simplesmente vai e faz. Ela acaba se tornando uma grande amiga e companheira da Ashlyn. Já Ryan - meio-irmão - faz o que bem entende a hora que deseja, ele esconde da família que é gay pois sabe que se revelasse causaria um grande problema. A família de perfeita não tem nada, eles perderam o pai a algum tempo e ainda tentam superar, Ryan principalmente pois sente que foi sua culpa.


O romance entre o casal é lindo e de grande delicadeza. É inevitável não torcer para que ficassem juntos em meio a tantas coisas que davam errado. O enredo vai muito além do romance entre um professor e aluna, mostra o poder que os pais tem sobre a vida dos filhos e como podem afetá-los, enquanto a mãe de Hailey e Ryan controlava os filhos a serem perfeitos ela não percebia as reais necessidades dos filhos onde ambos buscavam afeto fora de casa. Já a mãe da Ashlyn preferiu mandá-la morar com o pai que sempre foi ausente a ficar com ela e juntas superar a perda da filha, ela não ligou no que isso resultaria na vida da Ashlyn só o que importava era seu próprio sofrimento.  


A diagramação do livro está impecável, não percebi nenhum erro ortográfico, todo começo de capitulo trás uma citação das músicas que Daniel faz para sua banda Romeo's Quest mostrando toda sutileza que o personagem tem. A forma como a autora escreve é muito envolvente quando me dei conta estava totalmente envolvida pela estória e sofria juntamente com os personagens e toda carga que o livro trás, fiquei totalmente destruída com os acontecimentos finais e o mais legal de tudo foi que a autora em poucas páginas deu um final emocionante e satisfatório aos personagens. Recomendo o livro para todos que amem um bom romance, mas alerto que a estória é muito mais intensa que a sinopse e capa nos leva crer. 


- - - - - - - - Melhor Quote - - - - - - - -


— Porque fingir ser feliz é quase como ser feliz. Até você lembrar que é apenas fingimento. Então você fica triste. Realmente triste. Porque usar uma máscara todos os dias da sua vida é a coisa mais difícil do mundo. E depois de um tempo, você tem um pouco de medo porque a máscara se torna você.
Capítulo 08

19 comentários:

  1. Oi Stefani, meu coração fica balançado só de ler alguma coisa a respeito desse livro. Li no ano passado e na minha opinião foi um dos meus favoritos do ano, pelo menos nesse gênero. A autora construiu ótimos personagens e tornou até os dramas de cada um envolventes. E eu realmente espero poder ler mais livros publicados pela autora. É um romance lindo mesmo e também recomendo para todos que curtem o estilo.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu li um outro livro da mesma autora, Art & Soul, e achei os dramas abordados um pouco superficiais. esse livro aqui, me pareceu mais original, ainda que um envolvimento aluna professor, nãos seja lá muito novo. O que chamou a atenção foi que você falou que o livro fala de família e eu adoro o tema. Quero ler!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Stef! Não sei se leria esse livro, como já estou cansada de dizer, não sou muito fã de romances. Mas esse talves em um dia sem nada pra fazer e com dinheiro no bolso eu até dê uma chance por causa do outro lado da história, que é a da família e da importância que ela tem em nossas vidas.

    E, cara, essa capa me lembrou muito a capa do primeiro livro de Outlander!

    beijin
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?????
    Eu já tinha visto (muitoooo) o livro por aí, mas não sabia bem do que se tratava. Gostei de conhecer, mas confesso que não é um livro que eu leria no momento :P Estou dando um tempinho nos romances :3 Mas fico feliz que você tenha curtido.
    Tão bacana quando um livro desses vai além do romance né? Quando mostra relações familiares e tudo o mais :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amiga eu já vi várias resenhas desse livro e todos comentam maravilhas sobre ele. Eu ainda não o li, mas eu tenho o físico na minha estante e tenho certeza que eu irei amar a estória, porque adoro estórias assim que nos tocam sabe? E acho que esse livro vai me agradar bastante. Eu adorei a maneira como desenvolveu suas impressões. Vi que tu curtiu bastante, mas espero que eu possa ler ainda esse ano, apesar que são tantos livros que fica complicado viu?! hahahaahah

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/resenha-o-sol-e-para-todos.html

    ResponderExcluir
  6. Oi, Stéfani
    Que lindo deve ser esse livro. Ter alguém recitando Shakespeare já é motivo para querer ler. Eu estou com esse livro faz algum tempo na minha lista e desejo muito ler. Gostei de saber sobre todos os pontos positivos e que você gostou e recomenda. Adoro livros intensos.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Stéfani,
    Tenho muita vontade de ler esse livro, pois acho que vou, de fato, gostar da história, quando fizer a leitura.
    Gostei muito da sua resenha e dos pontos ressaltados, fico feliz que você tenha gostado da leitura. Acho mágica essa ideia de parecer ter os personagens ao nosso lado, poucos autores conseguiram fazer isso comigo, espero que sinta isso com Sr. Daniels.
    Obrigada por me presentear com essa resenha e fotos lindas.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não conhecia esse livro e já pela capa eu gostei dele. A resenha fez o favor de me deixar super curiosa e já torço por eles. Como sempre, achei suas fotos lindas. Eu achei o enredo muito intenso e espero que quando eu leia (preciso ler, espero que seja logo) eu possa gostar tanto dele, pois fiquei com a impressão de que será um daqueles que a gente fica com uma baita ressaca literária depois.

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi falar no livro, mas a premissa não me chamou minha atenção. Mas que bom que você gostou do romance e que os personagens secundários são bem construídos, amo quando os autores têm esse cuidado. A capa é linda e suas fotos saíram maravilhosas. Deve ser legal ler um livro que é familiar.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Oi linda, tudo bem?
    Desde que esse livro foi lançado que estou babando por ele!
    Li várias resenhas sobre ele já e a cada uma que leio só tenho mais certeza de que devo fazer essa leitura.
    O Sr. Daniel pelo que você descreveu parece ser um personagem encantador e apaixonante e eu fiquei muito curiosa para conhecê-lo.
    A história parece ter uma boa carga de drama e profundidade.
    Espero ler ainda esse ano e me encantar com essa história.

    Beijos :*
    http://livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, achei a capa linda e amei a premissa, não só pelo fato dos protagonistas passarem por uma perda parecida, mas porque envolve musicas e William Shakespeare, autor que tanto amo e ver que a autora faz menções de seus livros é maravilhoso e mesmo parecendo clichê a historia, eu com certeza leria e sua resenha só instigou a minha curiosidade.
    bjus

    ResponderExcluir
  12. Oi, achei a capa linda e amei a premissa, não só pelo fato dos protagonistas passarem por uma perda parecida, mas porque envolve musicas e William Shakespeare, autor que tanto amo e ver que a autora faz menções de seus livros é maravilhoso e mesmo parecendo clichê a historia, eu com certeza leria e sua resenha só instigou a minha curiosidade.
    bjus

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Eu gostei bastante dessa história, mesmo achando a história semelhante ao Métrica. Não que são iguais, apenas que boa parte é parecida com a s história da Colleen. Mas a autora merce o seu destaque e tem uma trama bem emocionante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Oi Stéfani, sabe que eu sempre tive uma certa curiosidade em ler esse livro, eu adoro um bom romance e saber que ele trás muito mais do que representa, desperta ainda mais minha curiosidade. Sua resenha me cativou a ir atrás dele o quanto antes para ver o que eu acho dessa trama.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem? Gostei bastante da forma que você resenha. O livro parece ser muito bom, fiquei curiosa. As fotos que você tirou ficaram maravilhosas, parabéns!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus do céu, eu tinha esquecido quanto eu queria ler esse livro!! Eu li a sinopse quando saiu, quis comprar, não comprei. Uma amiga leu e amou, quis comprar de novo, não comprei. Agora li sua resenha e cheguei a conclusão de que eu REALMENTE preciso desse livro. Tá nos desejados do skoob agora pra eu não esquecer jamais.
    Adorei a resenha, super sincera e explicativa. A diagramação e os capítulos começando com quote é exatamente como eu gosto. Sem falar no quote que você postou. Lindo e pesado ao mesmo tempo. Quero.
    Beijos!!
    Laury

    ResponderExcluir
  17. Oieee
    Li tantas resenhas sobre esse livro que não sei mais o que esperar dele. a primeira resenha que li me deixou simplesmente encantada, mas depois comecei a achar o livro meio clichê demais. comum demais e criou um certo desânimo, sabe?
    Acho a capa e diagramação incríveis. Não sabia das quotes das músicas do Daniel, e achei super fofo. O fato do livro ser narrado sob dois pontos de vista também me desanima um pouco.
    Mas quem sabe num futuro?

    ~Cass

    Sexteto Literário

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    A premissa realmente parece meio clichê, porém me pareceu uma boa estoria. Deve ter sido um trauma enorme perder a irmã gêmea, pois a ligação com certeza é muito grande. Você falou com tanta empolgação do Sr. Daniels que imagino que ele deve ser um ser maravilhoso mesmo hahaha fiquei bem curiosa para conhecer esta estória!

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  19. Oie! Há algum tempo atrás eu acompanhei inúmeras resenhas dessa obra. No início, minha vontade de conhecer a história do casal era enorme, mas alguns comentários foram me desencorajando e acabei esquecendo da existência do livro. :o Sua resenha me deixou novamente empolgada para descobrir tudo o que irá acontecer na vida dos personagens. Os temas abordados pela autora e os ensinamentos que o livro traz parecem realmente fantásticos. Adorei a ideia de começar os capítulos com letras de músicas. Acredito que deixa tudo ainda mais inspirador. *-*

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir