04 março 2016

[Resenha] O Duque e Eu - Por Julia Quinn


Título: O Duque e Eu
[ Os Bridgertons #1 ]
Autor (a): Julia Quinn
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Skoob  || Encontre
4 ESTRELAS
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Daphne está em sua terceira temporada da alta sociedade londrina. Ela quer se casar mas não sente a mínima afeição por nenhum dos interessados, e aqueles o qual acha promissor a vêm como uma simples amiga. Em uma noite no baile de Lady Danbury, algo inusitado acontece. Nigel, seu pretende mais insistente faz uma cena lamentável enquanto embriagado, dizendo os motivos pelo qual Daphne deveria ser casar com ele. Simon Basset, o Duque de Hastings, escuta o alvoroço e vai ao encontro de donzela que necessita ser salva. Para sua surpresa, não encontrou uma moça indefesa e sim Daphne se defendendo muito bem das investidas de Nigel. Simon se diverte com a cena e fica admirado por uma moça da alta sociedade saber lidar com tal situação. Em um ato de solidariedade acaba ajudando a moça a levar Nigel para carruagem e ir embora.

Simon sentiu uma estranha admiração por aquela garota. A maioria das mulheres que ele conhecia estaria histérica a essa altura, mas ela – quem quer que fosse – havia dominado a situação com firmeza, e agora demonstrava uma generosidade de espírito impressionante. O fato de conseguir pensar em defender aquele sujeito escapava à sua compreensão.
Capítulo 03

Durante a conversa, Simon descobre que ela é irmã de seu melhor amigo Anthony e também que é o mais novo alvo das mãe casamenteiras com filhas na temporada, afinal ele é um Duque, com fama de libertino, mas ainda um Duque. Nos próximos encontros entre eles Simon tem uma idéia. Ele se passaria como pretendente de Daphne nessa temporada afastando as mães e ainda atrairia atenção dos cavalheiros para ela, sendo ele um Duque os cavalheiro iriam querer disputar a moça, e assim ela conseguiria seu tão sonhado casamento. Plano perfeito, senão fosse a evidente atração que sentem. Agora eles terão que controlar essa chama e seguir em frente como planejado, mas se tratando dos Bridgertons, nunca sai como o esperado.


Comecei a ler a série Bridgertons pelo terceiro livro, e me apaixonei perdidamente por essa família. Julia Quinn é de longe minha autora favorita para livros de época. A forma como escreve é fluida e fácil de ser lido, um feito impressionante se considerado a linguagem formal e palavras condizentes com a época que ela usa. O livro é narrado em terceira pessoa nos dando impressão que o narrador também é um personagem, adoro a maneira como são contados os fatos, é muito legal as descrições das cenas e ações dos personagens.


Daphe é uma mulher incrível! Muito a frente de sua época, sendo irmã de quatro homens aprendeu dar força a sua voz, ela é extremamente divertida e decidida, quando resolve algo logo coloca em prática. Simon é apaixonante. Ele tinha problemas com seu falecido pai e carrega uma grande bagagem dessa relação conturbada, não se vê casado e tem convicções fortes em relação a isso. Na estória também nos é apresentado Violet e Anthony Bridgerton, mãe e irmão. O sonho de Violet é ver seus oito filhos bem casados e felizes. Daphne é a primeira de suas filhas em idade de se casar e faz de tudo para conseguir um marido aceitável.

– É curioso que a senhora me ache jovem demais para conhecer os amigos de Anthony e ao mesmo tempo tão velha que morre de medo de que eu jamais consiga um bom casamento.
Capítulo 01

Anthony é um dos meus personagens favoritos da série. Ele faz o papel de irmão/pai dos irmãos, também um libertino (mulherengo) assumidíssimo como seu amigo Simon. Já podem imaginar a reação dele ao saber das intenções do amigo, ele sabe exatamente o que fazem com as mulheres e não quer o mesmo para a irmã. Essa pegada super protetor dele foi muito engraçada. Anthony é estourado e me proporcionou ótimas risadas com seu temperamento.


Os cenários londrinos são um elogio a parte. A riqueza de detalhe que a autora trás, faz com que o leitor entre na estória. Todos os bailes, vestidos volumosos, sociedade e costumes da época ficam bem evidentes.

Simon e Daphne são um ótimo casal, a interação dos dois é muito cativante e apresentam muita química. O livro possui algumas cenas hots, nada que afete meu julgamento sobre a estória, já que não gosto do gênero, pelo contrário, fiquei varias vezes pensando "nossa, já nessa época o povo era safado" (risos). A cena da conversa da Daphne com a mãe sobre as "obrigações" da mulher na noite de nupcias, entrou para minha lista de favoritos, nunca ri tanto com um livro.

Tudo o que parecia ter importância eram aqueles momentos em que eles não estavam exatamente a sós (eles nunca estavam a sós), mas ainda assim podiam desfrutar de certa privacidade. Uma conversa animada num canto, uma valsa ao redor do salão. Daphne encarava os olhos azul-claros dele e esquecia que estava cercada por quinhentos espectadores, todos muito interessados em saber a quantas andava sua vida amorosa.
Capítulo 09

A diagramação do livro está incrível. Cada começo de capítulo temos uma crônica da Lady Whistledown. É como se fosse uma revista de fofoca da alta sociedade falando os bafões que acontecem, é bem divertida. Ninguém sabe quem é a mulher, um grande mistério. A única coisa que não me agradou na edição do livro foram as montagens dos capítulos. Quando acaba um logo em seguida já começa outro, não importando se está no meio ou fim da folha, e olha que minha edição nem econômica pra ser desse jeito.


Recomento de mais, não só o livro como toda a série. Toda sexta-feira estarei trazendo uma resenha da série, então toda semana termos mais dessa incrível família. O próximo é sobre Anthony no livro O Visconde que me amava.

33 comentários:

  1. Ok, parem de fazer resenhas desse livro, vcs TODOS já me convenceram HAHAHAHAHAHA
    Eu preciso dizer, essa não é minha preferência de leitura, mas já li resenhas tão ótimas quanto a sua, que me convenceram e já estou com o livro aqui. Espero não me decepcionar, mas com tudo isso que vc escreveu, certamente que vou curtir a leitura.
    Depois te conto hahaha
    Beijos!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Já tem um tempinho que esse livro está na minha lista de leitura. Só vejo resenhas que assim com a sua falam muito bem dele, mas sempre acabo deixando ele para trás. Não sei porque vivo adiando a leitura, talvez porque não leio muito romances de época, mas acho que esse não irá me decepcionar.
    Ótima resenha!

    beijos
    http://infinitudedepalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sou completamente apaixonada por romances de época, e esses da Srta Quinn estão entre os meus desejados... Por incrível que pareça, um dia, ao tentar descobrir que livro a garota sentada ao meu lado no bus estava lendo, comecei a memorizar o nome de alguns personagens, chegando em casa, procurei e conheci os livros. Resultado, amor a primeira vista ♥

    Minha Fuga da Realidade

    ResponderExcluir
  4. Venho ótimas resenhas sobre o livro, e vejo que você é do time que gostou também. Eu pretendo ler, mesmo que não seja meu estilo literário, mas todo mundo fala tão bem, que eu tenho que dar uma oportunidade e ler a série.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Stéfani.

    Eu ainda não comecei a ler essa série e cada resenha maravilha que leio sobre os livros minha vontade é sair correndo para comprar ela e iniciar a leitura. Pena que ainda não posso. Sua resenha deixar uma enorme vontade de ler o livro e espero ter oportunidade logo de comprar.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Verdade, os términos e inicios de capítulos são colados uns nos outros mesmo, dá a sensação de que a leitura não anda né. Mas este é mesmo o único ponto negativo a ser ressaltado porque a trama é MARAVILHOSAAAA. Eu sou muito apaixonada por esta família toda, estou acompanhando as publicações e não vejo a hora de ler o último livro da série.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá :)
    Já ouvi falar muito desses romances de época da Julia Quinn mas não consigo ler esse gênero :/ Já tentei mas não dá. Mas são ótimos livros para quem curte o gênero.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Tu falou algo que tenho que comentar aqui, a escrita da Julia Quinn é ótima e o narrador por ser em terceira pessoa realmente nos dá impressão que faz parte da história.
    O Duque e Eu de longe é meu livro favorito da autora.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela resenha!!! Confesso que ainda não li Julia Quinn, apesar de adorar livros de época... Não sei, o tempo foi passando e eu tenho um pouco de "preguiça" com livros que têm continuação. Como eu gosto da temática e desconfio que estes podem ser lidos fora de ordem, pois cada um aborda um membro da família, quem sabe não animo de ler em breve!


    Bjs,


    http://www.tamiresdecarvalho.com/

    ResponderExcluir
  10. Estou lendo essa série é simplesmente amando. Até agora estou no quinto livro e Julia só me surpreende. Amo a Daphne e Simon, foram o primeiro contato que tive com a autora e ela ficaram marcados para fim. O meu preferido até agora é Benedict, apesar de gostar bastante de Anthony. Enfim, amo essa série.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Sou louca para ler esse livro desde maio do ano passado e até hoje não consegui lê-lo :( A estória parece ser maravilhosa! Ainda mais por ser um romance de época! Preciso!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Então, eu tinha muita vontade de ler esse livro, e ainda tenho um pouco dessa vontade, mas desde que descobri que o livro não é muito fiel aos costumes e restrições da época, eu não estou com nenhuma pressa para ler. A princípio eu imaginava algo como Jane Austen, mas ao que parece as personagens são bem liberais.

    Bjs.

    www.ciadoleitor.com

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Não é um gênero que eu gosto, mas meio que já sei da história de tantas resenhas, sempre positivas, que li. Lindas fotos, aliás. Como disse, eu não leria, mas pra quem gosta, com certeza vai amar não só esse livro, mas como toda a família!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oiii!

    Eu ainda não li nada da autora e logo preciso mudar isso, nunca vi critica negativa para a autora e isso me motiva muito!
    Comecei a ler romances de época no começo do ano passado e fiquei impressionada como o genero flui durante a leiura né? Tenho curiosidade para conhecer essa familia e espero fazer em breve! E espero que vc continue gostando das obras!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Tenho o primeiro livro da série e AINDA NÃO LI! Socorro! D:
    Eu amo romances de época, mesmo alguns sendo bem parecidos e tal, mas sempre me encanto com algo e acho que com esses irmãos não vai ser diferente.
    São oito irmãos, isso mesmo? Haja disposição, hein!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, ainda não li nenhum dos livros da série, mas vejo tantos comentários sobre ela, apesar de não ser muito meu estilo tenho vontade de ler todos da série.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Só ouço maravilhas sobre essa série. Com certeza, é um dos melhores romances históricos do momento. Espero poder le-lo em breve e matar minha curiosidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Eu tenho amigas que são apaixonadas por esta série, todas como a sua resenha dizem muito bem de todos os livros.
    Vou ter que criar vergonha na cara e ler, mesmo não sendo o meu estilo preferido tenho que dar o braço a torcer quando muitas pessoas dizem que é bom.
    Abraços
    pontoparaler.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá, Stéfani!
    Eu sou suspeita para falar sobre essa série, pois já estou no 6º volume e continuo admirando a escrita dessa renomada autora. Ela consegue passar paixão nas palavras e eu adoro esse tipo de livro!
    Esse romance é muito lindo, ela nos apresenta as histórias de forma simples e a leitura flui bem.
    Valeu a dica!

    Abraço!

    Karla Samira

    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Acho que serie mais uma em escrever que sou suspeita para falar quando o assunto é Julia Quinn, mesmo se vc falasse que não tinha gostado eu defenderia com unhas e dentes todos os Bridgerton, eles são demais. Eu li os 7 lançados até agora e todos os irmãos tem uma personalidade marcante, e conforme a época passa a escrita evolui e deixa a história ainda mais interessante. Bjkas

    ResponderExcluir
  21. Aaaiii, queria ser que nem você, começar uma série desse tipo em que cada livro trata de uma pessoa, pelo 3 volume ou mais, simplesmente não consigo! rs
    Eu tenho MUITA vontade de começar a ler essa série, todo mundo fala super bem e gosto de romances de época, ainda mais se eles forem divertidos assim. Queri muito ler essa cena das "obrigações" nupciais.
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Ooi. Esse foi o primeiro da família que eu li e amei. Não sou uma grande entendedora de livros de época mas percebi o porque de Julia Quinn ser tão adora por seus leitores.
    Daphne e Simon são um dos melhores casais que tive a chance de conhecer e é uma pena que eles são protagonistas de apenas um dos livros haha de qualquer forma o final deles foi lindo ♥ e estou super na vontade de ler o segundo livro, de Anthony que acabou se tornando meu favorito depois do casal principal.
    Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  23. Até hoje ainda não li uma resenha negativa sobre esse livro e consequentemente sobre a série da Julia, quem lê sempre adora, seja o enredo ou personagens. Como ainda não li, só posso dizer que tenho curiosidade, tenho apreciado os romances de época e essa escritora é top, gostei mesmo de saber que O Duque é eu é tão bom, ler mais uma resenha tão legal sobre esse livro me deixa super animada, tenho ele na estante, e só me resta tempo para poder enfim conhecer!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  24. Como assim comecou a ler a série pelo terceiro livro!!??? Tudo bem que de certa forma as histórias são independentes mas sempre liberam informações sobre o futuro e passado dos outros integrantes da família, então acredito que o ideal é ler na ordem. Ainda bem que vc foi para o primeiro agora, boa leitura, a série fica melhor a cada livro. E no aspecto divertido e mais picante (que vc não gosta) o sétimo livro Um Beijo Inesquecível ganha o troféu.
    Julia Quinn é a Diva dos Romances de época e sabe conquistar o leitor; todos que conheceram seu trabalho se apaixonaram, não conheço ninguém que não tenha gostado.
    Enfim foi ótimo conhecer sua opinião e desejo sucesso na leitura dos Bridgertons!!!!

    Essa questão da diagramação dos capítulos que vc reclamou já é característica da editora arqueiro. Já estou acostumada e acredito que não influencia em nada a leitura e ajuda na venda do livro, ele ficar mais em conta, dando oportunidade para mais pessoas adquirirem o mesmo, vc já pensou nisso!!???

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  25. Stefani, eu só tenho e só li esse livro da série, mas já amo essa família.
    Eles são incríveis.
    Gostei muito da garra da Daphne. ^^

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  26. Oie
    sempre vejo muitos elogios sobre o livro mas realmente nunca quis ler, sua resenha ficou bem legal e que bom que curtiu tanto a leitura e a série

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Olá linda,

    Julia é uma escritora com um talento nato para criar personagens divertidos e inesquecíveis. Anthony é uma figura e é um homem maravilhoso e feito para csar haha, mas sou apaixonada é pelo Benedict.

    Beijos,
    http://poesiaqueencantavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Ola Ste eu amei esse livro li faz alguns dias e já me apaixonei pela escrita da autora, capa, diagramação perfeitas, esse casal me conquistou Simon lindo, a protagonista é impagável, ri em algumas cenas, sua coragem e audácia misturados com sua inocência é um dos grandes destaques do livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    Como não se apaixonar por essa família? Sério, eu adoro essa série, sempre que leio perco a noção de tempo, os personagens são bem construídos e como você disse a autora saber usar as palavras rs' A Daphne é muito á frente da sua época, na verdade, acredito que a família toda rs' Esto com saudade de ler Julia Quinn.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Quanto mas leio resenhas dessa série mas tenho vontade de ler!!!! Preciso de um dia com 48 horas para conseguir fazer tudo que quero!!!

    ResponderExcluir
  31. Aiiii, é muito amor por essa série! Já li todos os publicados e não me canso, e já estou ficando deprimida pelo fim que se aproxima. O Anthony também é meu favorito, assim como o livro dele. A Daphne é uma fofa, e representa bem os Bridgertons, gosto do Simon, mas ele não entrou para minha lista de maridos literários, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oie, tudo bom?
    Esse foi o único livro da série que li até agora e gostei muito. A Daphne tem a peculiaridade de ter sido criada com homens e sabe de mais coisas que uma moça da época. Gostei do romance e do tom divertido do livro. A Julia tem uma escrita maravilhosa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir