27 julho 2017

[Top Quotes] Mauricio - A história que não está no gibi




Oi gente querida do nosso blog! Imagino que devem estar lembrados do meu post anterior, sim? Pois bem, agora eu trago um compilando as melhores quotes da biografia recém lançada do cartunista Mauricio de Sousa. Pois na resenha não coloquei nenhuma em razão de, durante a leitura, ter marcado muitas e achado todas boas demais para simplesmente escolher poucas.

Fiquem com essas lindas joias e sintam-se motivados por elas...

26 julho 2017

[Resenha] Uma Noite Inesquecível - Por Lisa Kleypas



Título: Uma Noite Inesquecível
[As quatro estações do amor #4.5]
Autor (a): Lisa Kleypas
Páginas: 144
Editora: Arqueiro
Skoob || Encontre

Sinopse: O Natal está se aproximando e Rafe Bowman acaba de chegar a Londres para uma união arranjada com Natalie Blandford.
Com sua beleza estonteante e o físico imponente, ele tem certeza de que a linda aristocrata logo cairá a seus pés.
No entanto, seus terríveis modos americanos e sua péssima reputação de farrista deixam Hannah, a prima da moça, chocada.
Determinada a proteger Natalie, ela vai tornar a tarefa de cortejar a jovem muito mais difícil do que Rafe esperava.
Uma noite inesquecível é uma viagem mágica pela Londres vitoriana, com os diálogos espirituosos e personagens memoráveis que consagraram Lisa Kleypas como uma das autoras de romances de época mais aclamadas pelo público.

24 julho 2017

[Resenha] Nossa Música - Por Dani Atkins



Título: Nossa música
Autor (a): Dani Atkins
Páginas: 368
Editora: Arqueiro
Skoob || Encontre

Sinopse: Ally e Charlotte poderiam ter sido grandes amigas se David nunca tivesse entrado em suas vidas. Mas ele entrou e, depois de ser o primeiro grande amor (e também a primeira grande desilusão) de Ally, casou-se com Charlotte.
Oito anos depois do último encontro, o que Ally menos deseja é rever o ex e sua bela esposa. Porém, o destino tem planos diferentes e, ao longo de uma noite decisiva, as duas mulheres se reencontram na sala de espera de um hospital, temendo pela vida de seus maridos. Diante de incertezas que achavam ter vencido, elas precisarão repensar antigas decisões e superar o passado para salvar aqueles que amam.
Com a delicadeza tão presente em seus livros, Dani Atkins mais uma vez nos traz uma história de emoções à flor da pele, um drama familiar comovente que não deixará nenhum leitor indiferente.

21 julho 2017

[Resenha] Órfã #8 - Por Kim Van Alkemade



Título: Órfã #8
Autor (a): Kim Van Alkemade
Páginas: 336
Editora: Rocco - Fábrica 231
Skoob || Encontre

Sinopse: Em 1919, Rachel Rabinowitz e seu irmão são levados para um orfanato em Nova York, após perderem a mãe e serem abandonados pelo pai, fugitivo da polícia. Separada do irmão e mantida em quarentena após contrair uma doença, Rachel logo se torna cobaia da Dra. Mildred Solomon, que conduz uma série de pesquisas sobre tratamentos com raio X em crianças órfãs, e é submetida a experimentos de eficácia duvidosa e efeitos colaterais desconhecidos. Mais de três décadas depois, os caminhos de Rachel e da Dra. Solomon se cruzam novamente, desta vez no Lar Hebraico para Idosos, onde Mildred, agora uma senhora debilitada, está internada sob os cuidados da enfermeira lésbica Rachel. Inspirada pela história do avô, que cresceu num orfanato judaico em Manhattan, e em pesquisas realizadas nos arquivos do Museu Judaico, a autora construiu um romance histórico repleto de drama, tensão e questionamentos éticos.

19 julho 2017

[Resenha] Escândalos na Primavera - Por Lisa Kleypas


<

Título: Escândalos na primavera
[As quatro estações do amor #4]
Autor (a): Lisa Kleypas
Páginas: 224
Editora: Arqueiro
Skoob || Encontre

Sinopse: Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.
Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift.
Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado? Fechando com chave de ouro a série As Quatro Estações do Amor, Escândalos Na Primavera é um presente para os leitores de Lisa Kleypas, que podem ter certeza de uma coisa: embora as estações do ano sempre terminem, a amizade desse quarteto de amigas é eterna.

18 julho 2017

[Fale♥] Romantização do abuso na literatura



Antes que comecem a me linchar, tenho dois esclarecimentos a fazer:

 1. Eu sei que deve existir liberdade criativa, não estou querendo que os autores sejam censurados e nem acho que os elementos que vou destacar abaixo devem deixar de existir na literatura. Mas considero a discussão extremamente necessária, especialmente para as jovens leitoras, afinal, pode ser perigoso confundir ficção com realidade.

2. Vou usar o livro 50 Tons de Cinza como exemplo porque é um livro que a maioria das pessoas conhece. E não, eu não considero abuso o que eles fazem entre quatro paredes. De novo, porque isso vai dar confusão: Eu não considero abuso o que eles fazem entre quatro paredes. De novo? Eu não considero abuso o que eles fazem entre quatro paredes.

Só para deixar claro, caso ainda não esteja, não vou discutir sobre sadomasoquismo (não sei se esse é o termo adequado) e dominação, simplesmente porque não conheço sobre o assunto e tenho preguiça de pesquisar (risos). Acho que as pessoas podem fazer o que quiserem entre quatro paredes desde que seja consensual e todos os envolvidos tenham idade para consentir. Vou falar sobre outros elementos do livro, então bora lá: